Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/86275

TitleApplication of hypnosis in psychOncology: a review of the literature
Other titlesAplicação da hipnose em psicOncologia: uma revisão da literatura
Author(s)Remondes-Costa, Sónia
Magalhães, Filipa
Martins, Inês
Louro, André
Santos, Martim
Pereira, M. Graça
KeywordsCancer
Efficacy
Hypnosis
Review of the literature
Treatment
Cancro
Eficácia
Hipnose
Revisão da literatura
Tratamento
Issue date2021
PublisherInstituto Superior de Psicologia Aplicada (ISPA)
JournalAnálise Psicológica
Abstract(s)Hypnosis is useful for multiple somatic and psychological disorders, particularly cancer disease-related issues. In fact, the literature points out that hypnosis is effective in helping patients deal with aspects disease related, as well as in reducing the side effects of treatment. This review of the literature aims to summarize and assess the evidence of the usefulness of hypnosis in cancer patients and was conducted based on articles published between 2012 and 2019. The databases used were: B-on, SciELO, MEDLINE, and Web of Science. Randomized controlled trials and non-randomized studies were assessed. Among 837 studies identified, nine met the inclusion criteria and were selected. The studies were consensual to the effectiveness of hypnosis in reducing a set of symptoms in cancer patients, mainly pain, anxiety, depression, fatigue, and insomnia. However, several methodological limitations were identified. The practice of hypnosis is related to a significant number of techniques and approaches that differ from each other, thus compromising the interpretation and generalization of its effects. This review updates the evidence and suggests that the study of the efficacy of hypnosis in cancer patients is still limited. Further research into the effectiveness and acceptability of hypnosis for cancer patients is recommended.
A hipnose tem-se mostrado útil em variadas perturbações somáticas e psicológicas, particularmente nos problemas relacionados com consequências da doença oncológica. De facto, a literatura aponta que a hipnose é eficaz em ajudar os pacientes a lidar com aspetos relacionados com a doença, bem como na diminuição dos efeitos colaterais dos tratamentos da mesma. Esta revisão da literatura tem como objetivo sintetizar e avaliar a evidência da utilidade da hipnose em pacientes com cancro, e foi conduzida tendo por base artigos publicados entre 2012 e 2019. As bases de dados utilizadas foram: B-on, SciELO, MEDLINE e Web of Science. Foram identificados ensaios clínicos randomizados e não-randomizados. Entre os 837 estudos identificados, nove cumpriram os critérios de inclusão e foram selecionados. Os estudos selecionados foram consensuais relativamente à eficácia da hipnose na redução de um conjunto de sintomas em pacientes com cancro, principalmente ao nível da dor, ansiedade, depressão, fadiga e insónias. Todavia, várias limitações metodológicas foram identificadas. A prática da hipnose encontra-se relacionada com um número significativo de técnicas e abordagens que diferem umas das outras, pelo que compromete a interpretação e generalização dos seus efeitos. Esta revisão atualiza e sugere que o estudo da eficácia da hipnose em pacientes com cancro ainda é limitado. É recomendado que mais estudos avaliem os protocolos utilizados e a eficácia e aceitabilidade da hipnose em pacientes com cancro.
TypeArticle
URIhttps://hdl.handle.net/1822/86275
DOI10.14417/ap.1859
ISSN0870-8231
e-ISSN1646-602
Publisher versionhttp://publicacoes.ispa.pt/index.php/ap/article/view/1859
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIPsi - Artigos (Papers)


Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID