Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/7161

TitleA adesão aos regimes de tratamento na perspectiva do modelo biopsicossocial
Author(s)Pereira, M. Graça
KeywordsAdesão ao tratamento médico
Somatização
Modelos
Issue date1997
JournalPsicologia: Teoria, Investigação e Prática
Citation"Psicologia : Teoria, Investigação e Prática". ISSN 0873-4976. 2 (1997) 209-216.
Abstract(s)A questão da adesão aos regimes de tratamento tem sido tem sido abordado frequentemente numa perspectiva biomédica pelos profissionais de saúde. O presente artigo aborda a adesão aos regimes de tratamento numa perspectiva biopsicossocial relacionado a questão da não adesão com a questão da somatização sendo ambas as problemáticas concebidas como pólos opostos dum mesmo continuum. É também apresentado em detalhe um dos modelos descritos na literatura para lidar com o problema de não-adesão que representa com acuidade o paradigma biopsicossocial. Depois de uma revisão da literatura sobre estas questões e utilizando a noção do Script Familiar e a tipologia de Bloch, o autor levanta uma série de hipóteses em relação às famílias que estariam mais vocacionadas para desenvolver um problema de somatização e as que teriam mais dificuldade em aderir aos regimes de tratamento
TypeArticle
URIhttp://hdl.handle.net/1822/7161
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIPsi - Artigos (Papers)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
artigo 13.pdf244,78 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID