Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/6927

Registo completo
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorReis, Fátima-
dc.contributor.authorPereira, M. Graça-
dc.date.accessioned2007-10-02T22:05:54Z-
dc.date.available2007-10-02T22:05:54Z-
dc.date.issued2002-
dc.identifier.citation"Psicologia : teoria, investigação e prática". ISSN 0873-4976. 7:2 (Out. 2002) 249-263.eng
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1822/6927-
dc.description.abstractEste artigo é um relato parcial de um estudo mais alargado que investiga as variáveis psicológicas na adaptação à doença em adultos com Artrite Reumatóide, A presente investigação debruçou-se sobre o ajustamento psicossocial e as expectativas de auto-eficácia. Os resultados revelam que existe uma diferença significativa entre o grupo de doentes com a doença numa fase activa e o grupo de doentes com a doença numa fase inactiva em ambas as variáveis estudadas. Em termos de ajustamento psicossocial à doença, como seria de esperar, os doentes na fase inactiva têm um melhor ajustamento do que os doentes na fase inactiva. Em termos de auto-eficácia, os indivíduos com a doença numa fase activa revelam menores expectativas de auto-eficácia que os indivíduos com a doença numa fase inactiva. Estas diferenças aplicam-se às sub-escalas da auto-eficácia de funcionamento físico, auto-eficácia para o controlo da dor e auto-eficácia para o controlo de outros sintomas. Implicações ao nível da intervenção são apresentadas bem como a importância dos factores psicossociais na avaliação da artrite reumatóide.eng
dc.language.isoporeng
dc.rightsopenAccesseng
dc.subjectAdapatção à doençaeng
dc.subjectAuto-eficáciaeng
dc.subjectArtrire reumatóideeng
dc.titleAjustamento psicossocial em adultos com artrite reumatóideeng
dc.typearticlepor
dc.peerreviewedyeseng
dc.publicationstatuspublishedeng
sdum.journalPsicologia: Teoria, Investigação e Práticapor
Aparece nas coleções:CIPsi - Artigos (Papers)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
artigo 16.pdf2,52 MBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis