Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/6695

TitleA poluição nos manuais portugueses de biologia e geografia do ensino básico e secundário
Author(s)Tracana, Rosa Branca
Ferreira, Cláudia
Ferreira, Maria Eduarda
Carvalho, Graça Simões de
KeywordsAnálise de manuais
Educação ambiental
Poluição
Desenvolvimento sustentável
Issue date16-May-2007
PublisherUniversidade do Minho. Instituto de Estudos da Criança (IEC)
CitationPEREIRA, B. ; CARVALHO, G. S. ; PEREIRA, V., ed. lit. – “Novas realidades, novas práticas : actas do Seminário International de Educação Física, Lazer e Saúde, 3, Braga, Portugal, 2007” [CD-ROM]. Braga : Instituto de Estudos da Criança da Universidade do Minho, 2007.
Abstract(s)A Educação Ambiental tem vindo a ser uma ferramenta básica na contribuição para a mudança de valores, mentalidades e atitudes. As interacções entre o conhecimento científico (K), os valores (V) e as práticas sociais (P) (modelo KVP, Clément, 2006) são importantes na transposição didáctica, sendo uma ferramenta útil no sentido de compreender o que está relacionado com a ciência ou com os valores num texto científico, como é o caso dos manuais escolares. A análise de manuais é um elemento primordial na avaliação de como os objectivos educacionais (a nível legislativo dos Programas Nacionais) são implementados a nível escolar, onde os alunos devem adquirir conhecimento, competências e desenvolver valores apropriados no sentido de um desenvolvimento sustentável. O objectivo do presente estudo foi analisar a progressão do tema poluição ao longo dos 12 anos de escolaridade Portuguesa básica e secundária, desde o 1º ano até ao 12º ano de escolaridade, dando especial atenção ao “impacto na humanidade”, “consequências económicas”, “riscos sociais”, “valores estéticos” e “motivações éticas, morais e culturais”. Os resultados mostraram que: i) o planeta é visto como um recurso para a humanidade em vez de um recurso partilhado com outros seres vivos; ii) é dada uma maior importância às tecnologias no desenvolvimento sustentável em detrimento de mudanças no comportamento individual e social; iii) é depositada uma confiança ilimitada nas soluções da ciência e tecnologia em vez de ser usado o princípio da precaução. As conclusões do presente estudo mostram que é recomendada uma mudança nos manuais de forma a dar maior ênfase ao papel do Homem na resolução de problemas relacionados com a poluição e a contribuir para um aumento da cidadania dos alunos.
TypeConference paper
URIhttps://hdl.handle.net/1822/6695
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEC - Textos em atas
DCILM - Livros de Actas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Poluicao manuais Pt.pdfArtigo325,93 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID