Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/63044

TitleO impacto da crise no serviço social
Author(s)Dias, Fernanda
Duque, Eduardo Jorge Gomes Costa
KeywordsServiço social
Assistência social
Modelo social
Crise
Desemprego
Social work
Social worker
Social model
Crisis
Unemployment
Issue date2018
PublisherInstituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN)
JournalHolos
CitationDias, F. & Duque, E. (2018). O impacto da crise no serviço social. HOLOS, 8, 138–158.
Abstract(s)O presente estudo possui como objetivo central analisar o desemprego no seio do Serviço Social visando, principalmente, compreender as causas que o motivam numa era em que o trabalho do Assistente Social é fundamental devido à multiplicidade de problemas sociais existentes. A não inserção do Assistente Social no mercado de trabalho constitui uma problemática social preocupante. Desta forma, numa tentativa de compreender e explorar este problema social foi utilizada uma metodologia qualitativa com recurso a entrevistas realizadas a diplomados em Serviço Social pela Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Católica Portuguesa, Centro Regional de Braga. Concluiu-se que o modelo social envolvente constitui um dos maiores motivadores da crise que estamos a presenciar com consequências em múltiplas esferas da sociedade. O modelo social atual criou uma sociedade paradoxal preenchida por múltiplos profissionais formados, mas que não têm oportunidade de colocar em prática as suas habilitações por se encontrarem num mercado de trabalho saturado que não aproveita a mão-de-obra qualificada que possui e que a cada momento a desrespeita quer pela falta de ofertas, quer pelas condições débeis que disponibiliza.
The aim of this study is to analyze the unemployment in the Social Services, trying to understand the causes that motivate it. The non-insertion of the social worker in the labor market is a worrying social problem. Therefore, in an attempt to understand and explore this social problem we used a qualitative methodology doing some interviews to graduates in social service by the Faculty of Social Sciences of the Catholic University, Regional Centre of Braga. It was concluded that the surrounding social model is one of the biggest causes of the crisis that we are witnessing with effects in multiple spheres of society. The current social model has created a paradoxical society filled by many trained professionals but who do not have the opportunity to put their skills into practice because they are in a saturated labor market that does not take advantage of the skilled workforce that they have and that each disrespect either by the lack of offers or by the weak conditions that it offers.
TypeArticle
URIhttps://hdl.handle.net/1822/63044
DOI10.15628/holos.2018.7824
ISSN1807-1600
Publisher versionhttp://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/HOLOS/article/view/7824
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CECS - Artigos em revistas internacionais / Articles in international journals

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
O impacto da crise no serviço social. HOLOS, Ano 34, Vol. 08 (2018) pp. 138-158.pdf1,27 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID