Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/4211

TitleAbuso no relacionamento íntimo : estudo de prevalência em jovens adultos portugueses
Author(s)Paiva, Carla
Figueiredo, Bárbara
KeywordsAbuso físico
Agressão psicológica
Coerção sexual
Jovens adultos
Relacionamento íntimo
Issue date2004
PublisherUniversidade de Coimbra. Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação
JournalPsychologica
Citation"Psychologica". ISSN 0871-4657. 36 (2004) 75-107.
Abstract(s)O presente estudo debruça-se sobre a problemática do abuso no quadro do relacionamento íntimo em jovens adultos portugueses. Foi conduzido com o objectivo de determinar a prevalência de perpetração e de vitimização de diferentes tipos de abuso, especificamente: abuso físico sem sequelas, abuso físico com sequelas, agressão psicológica e coerção sexual. Participaram nesta investigação 318 estudantes universitários (46.2% do sexo masculino e 53.8% do sexo feminino) do ensino superior público e privado, com idades compreendidas entre os 19 e os 39 anos. Os sujeitos preencheram a versão portuguesa do questionário "Revised Conflict Tactics Scales" (Straus, Hamby, Boney-McCoy & Sugarman, 1996). Os resultados mostram que, em termos quer de perpetração quer de vitimização, a agressão psicológica é o tipo de abuso mais prevalente na amostra (53.8-50.8%), seguido da coerção sexual (18.9-25.6%) e do abuso físico sem sequelas (16.7-15.4%); enquanto que o abuso físico com sequelas ocorre com menos frequência (3.8-3.8%). No que se refere às diferenças de género, os homens perpetram mais coerção sexual (33.7-8.0%) e são também mais vítimas de abuso físico com sequelas (6.9-1.5%) do que as mulheres. As formas de abuso ligeiras sobrepõe-se em frequência às formas mais severas mais severas e à presença de ambos os tipos de severidade. A perpetração por parte de ambos os elementos (sujeito/companheiro) é em número superior à perpetração por apenas um dos elementos da díade, sendo que a perpetração e a vitimização estão significativamente associadas. Este estudo caracteriza a qualidade do relacionamento íntimo em jovens adultos e sugere pistas para delinear estratégias de prevenção das diferentes formas de abuso no relacionamento pré-marital.
TypeArticle
URIhttp://hdl.handle.net/1822/4211
ISSN0871-4657
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIPsi - Artigos (Papers)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Abuso no relacionamento (2004).pdfdocumento pdf3,01 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID