Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/70491

TitleA influência da participação na educação para a saúde e do ambiente social no olhar dos alunos sobre a escola
Author(s)Lusquinhos, Leonel
Rosário, Rafaela
Carvalho, Graça Simões de
KeywordsAlunos
Participação
Relação
Saúde
Issue date2020
PublisherEventQualia
CitationLusquinhos, L., Rosário, R. & Carvalho, G.S. (2020). A influência da participação na educação para a saúde e do ambiente social no olhar dos alunos sobre a escola. In: Conference Proceedings of the ICCA2020: International Conference on Childhood and Adolescence. p.92-93. Lisboa: eventQualia.
Abstract(s)A escolas promotoras de saúde (EPS) são escolas que implementam um plano estruturado e sistematizado para a melhoria da saúde de todos os alunos e do pessoal docente e não docente. Estas escolas promovem práticas com o objetivo de melhorar a saúde e o bem-estar dos alunos e de toda a comunidade educativa e enfatizam a importância do ambiente escolar e do meio ambiente em contribuir para o desenvolvimento de competências e estilos de vida saudáveis. Com este estudo pretende-se responder às seguintes questões: i) Existem diferenças nas perspetivas em relação à escola, em alunos que consideram importante e em alunos que não consideram importante a sua participação nas equipas de educação para a saúde da escola? ii) Existem diferenças nas perspetivas em relação à escola, em alunos que consideram ter uma boa ou em alunos que consideram ter uma má relação com os pares, professores e funcionários?Neste estudo recorreu-se à técnica de inquérito, com a construção de questionário online e preenchido por alunos. Os dados foram analisados utilizando o IBM SPSS e o nível de significância 0.05, procedendo a estatística descritiva e testes de diferenças. A amostra, do tipo não probabilística de conveniência, constituída por alunos do 9º ano de escolaridade, de nove agrupamentos de escolas de Braga, num total de 597 alunos (53,8% raparigas), com idades compreendidas entre os 13 e os 19 anos de idade (média (desvio padrão) 14,72 (0,796) anos. 88,6% consideram importante a sua participação nas equipas de educação para a saúde da escola (P) e 68% classificam como boa a relação entre os pares, os professores e os funcionários (R). Estes alunos veem a sua escola como uma escola que implementa medidas que promovem a saúde e o bem-estar de todos, com p < 0,05 for P e p = 0,001 for R; uma escola que se preocupa com a minha saúde e com a dos meus colegas, com p < 0,001 for P e p < 0,01 for R; uma escola que permite, através de várias atividades, melhorar o seu conhecimento sobre saúde para poder escolher estilos de vida saudáveis, com p < 0,001 for P e for R; uma escola em que os conteúdos abordados nas aulas, nas diferentes disciplinas, permitem que se aprenda sobre como ser saudável, com p < 0,001 for P e p < 0,01 for R.Este estudo permite concluir que os alunos que consideram importante a participação na equipa de educação para a saúde e os que classificam a sua relação com os pares, professores e funcionário como boa têm uma visão mais positiva da escola. Considerase, assim como necessário, uma efetiva participação dos alunos bem como da promoção de um ambiente social saudável.
TypeAbstract
URIhttps://hdl.handle.net/1822/70491
ISBN978-989-54102-3-1
Publisher versionhttps://objsrv01.eventqualia.com/evt4-media/documents/atas_ICCA_2020_l5ZAZq8.pdf
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEC - Textos em atas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ParticipacaoEduSaude_92-93.pdf462,51 kBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID