Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/87233

TitleConcepções de professores brasileiros e portugueses sobre a aprendizagem das ciências por crianças do meio rural e proposta de formação sensível à diversidade cultural
Other titlesBrazilian and Portuguese teachers’ conceptions about rural children’s learning of science and a proposal for culturally sensitive training
Author(s)Baptista, Geilsa Costa Santos
Tracana, Rosa Branca
Carvalho, Graça S.
KeywordsAmbiente rural
Concepções de professores de ciências
Diálogo intercultural
Crianças
Formação docente
Intercultural dialogue
Science teachers' conceptions
Teacher training
Children
.
Rural environments
Issue date2023
PublisherUniversidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
JournalInvestigações em Ensino de Ciências
CitationBaptista, G.C.S., Tracana, R.B. & Carvalho, G.S. (2023). Concepções de professores brasileiros e portugueses sobre a aprendizagem das ciências por crianças do meio rural e proposta de formação sensível à diversidade cultural [Brazilian and Portuguese teachers’ conceptions about rural children’s learning of science and a proposal for culturally sensitive training]. INCI, Investigações em Ensino de Ciências, 28 (2), 267-291
Abstract(s)O objetivo deste trabalho foi analisar as concepções de professores de ciências do Brasil e de Portugal acerca da importância de as crianças oriundas dos meios rurais aprenderem ciências e, com base nisto, propor uma estratégia para a formação docente que seja sensível à diversidade cultural das salas de aula. Os dados foram coletados mediante questões contendo situações-problemas, com posterior análise de conteúdo. À luz dos nossos achados, discutimos que as concepções dos professores brasileiros e portugueses convergem no sentido de que os conhecimentos rurais podem ser importantes facilitadores da aprendizagem dos conhecimentos científicos escolares, sendo estes necessários para melhorias nas qualidades de vida das crianças nas suas comunidades. Apesar disto, foram encontradas contradições entre o ensino para mudança conceitual e para mudança de perfil conceitual, porque os professores, ao mesmo tempo em que falavam de diálogo, atribuíam supremacia à ciência para que avanços aconteçam nos ambientes rurais. Consequentemente, propomos uma estratégia para formação de professores que seja sensível à diversidade cultural, contendo um conjunto de atividades cuja finalidade central é a promoção do diálogo intercultural no ensino de ciências para as crianças do meio rural. Essas atividades visam motivar os professores a desenvolver uma didática culturalmente inclusiva, que dê voz aos estudantes, aumentando a sua participação e interesse em prol da sua emancipação para as tomadas de decisões em contextos culturais diversos.
The purpose of this paper was to analyse the conceptions of science teachers from Brazil and Portugal about the importance of rural children learning science and, based on this, to propose a strategy for teacher training sensitive to cultural diversity in the classroom. The data were collected through questions containing problem situations, with subsequent content analysis. In light of our findings, we argue that the conceptions of Brazilian and Portuguese teachers converge in the sense that rural knowledge can be important facilitators for learning the school scientific knowledge, which is necessary to improve the quality of life of children in their communities. However, despite this, contradictions were found between teaching for conceptual change and conceptual profile change because teachers, while talking about dialogue, attributed supremacy to science for advances to happen inrural environments. Consequently, we propose a strategy for teacher training sensitive to cultural diversity, containing a set of activities whose central purpose is to promote intercultural dialogue in science teaching for rural children. These activities aim to motivate teachers to develop culturally inclusive didactics that give voice to students, increasing their participation and interest in their empowerment in decision-making in diverse cultural contexts.
TypeArticle
URIhttps://hdl.handle.net/1822/87233
DOI10.22600/1518-8795.ienci2023v28n2p267
ISSN1518-8795
e-ISSN1518-9384
Publisher versionhttps://ienci.if.ufrgs.br/index.php/ienci/issue/view/96
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEC - Artigos (Papers)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
IENCI_ConcepProfsDiversCultural.pdf553,71 kBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID