Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/81704

TitleO desenvolvimento do Caminho Português da Costa na perspetiva dos municípios e das associações. Da cultura ao turismo
Author(s)Pazos-Justo, Carlos
Iriarte Sanromán, Álvaro
Moreira, Maria João
Lopes, Inês Americano
KeywordsCaminho Português da Costa
Caminhos portugueses para Santiago de Compostela
Desenvolvimento
Perceções
Jacobeização
Issue date2022
PublisherEdições Húmus
CitationPazos-Justo, C., Iriarte, Á., Moreira, M. J. & Lopes, I. (2022). O desenvolvimento do Caminho Português da Costa na perspetiva dos municípios e das associações. Da cultura ao turismo. In C. Pazos-Justo, B. Busto & S. Sotelo (Eds.). Comunidades Locais e Caminho de Santiago. Alianças e Ameaças (pp. 119-141). Humus.
Abstract(s)Este artigo tem como ponto de partida a análise e interpretação dos resultados obtidos no projeto “Os Caminhos de Santiago em Portugal. Políticas públicas e associativas no Caminho Português da Costa” financiado pela Cátedra Institucional do Caminho de Santiago e das Peregrinacións da Universidade de Santiago de Compostela (2021). Conciliando métodos qualitativos e quantitativos, consistiu na elaboração e execução de dois inquéritos direcionados aos municípios e associações vinculados ao Caminho Português da Costa, de modo a conhecer as atividades, ideias e perspetivas das diferentes entidades quanto ao processo de desenvolvimento do itinerário. Este permitiu, de modo geral, constatar que o desenvolvimento do Caminho Português da Costa e, por conseguinte dos caminhos de santiago em Portugal, cuja rede de itinerários é cada vez mais ampla e variada, é resultado de um intenso e tardio envolvimento mormente institucional. Impulso mais robusto e notório por parte das autarquias e entidades do turismo (nomeadamente do Turismo de Portugal e da Entidade Regional Turismo Porto e Norte de Portugal), que colocam o Caminho de Santiago como um elemento central e fundamental das planificações turístico-económicas associadas à cultura. A emergência e sucesso dos caminhos jacobeus tem espoletado novas iniciativas, um pouco por todo o território luso e um maior e variado envolvimento de agentes, dando origem a uma jacobeização de outros fenómenos, como os intitulados caminhos de Fátima; dinâmicas que colocam novos desafios e tornam prementes planificações sustentáveis e conhecedoras das reais potencialidades e impactos dos projetos turístico-culturais.
This article has as its starting point the analysis and interpretation of the results obtained in the project “Os Caminhos de Santiago in Portugal. Public and associative policies on the Portuguese Coastal Way” funded by the Institutional Chair of the Way of Santiago and Peregrinacións of the University of Santiago de Compostela (2021). Combining qualitative and quantitative methods, it consisted in the elaboration and execution of two surveys directed to the municipalities and associations linked to the Portuguese Coastal Way, in order to know the activities, ideas and perspectives of the different entities regarding the itinerary development process. It allowed, in general, to verify that the development of the Portuguese Way of the Coast and, therefore, of the Caminhos de Santiago in Portugal, whose network of itineraries is increasingly wide and varied, is the result of an intense and late involvement, mainly institutional. More robust and notorious impulse on the part of municipalities and tourism entities (namely Turismo de Portugal and the Regional Tourism Entity Porto and North of Portugal), which place the Way to Santiago as a central and fundamental element of tourist-economic planning associated with the culture. The emergence and success of the Jacobean paths has spurred new initiatives, all over the Portuguese territory and a greater and varied involvement of agents, giving rise to a Jacobization of other phenomena, such as the so-called paths of Fátima; dynamics that pose new challenges and make sustainable planning urgent and aware of the real potential and impacts of tourism-cultural projects.
TypeBook part
URIhttps://hdl.handle.net/1822/81704
ISBN978-989-755-834-4
Publisher versionhttps://doi.org/10.21814/1822.79820
AccessOpen access
Appears in Collections:CEHUM - Livros e Capítulos de Livros

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
O desenvolvimento do Caminho Portugues da Costa.pdf811,78 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID