Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/74440

TitleParticipação das crianças em atividades quotidianas e associações com competência social e sucesso escolar
Author(s)Oliveira, Vitor Hugo
Martins, Paula Cristina
Carvalho, Graça Simões de
KeywordsAtividades organizadas
Desenvolvimento infantil
Lazer
Participação
Issue dateOct-2021
PublisherDykinson
CitationOliveira, V. H., Martins, P. C., Carvalho, G. S. (2021, outubro). Participação das crianças em atividades quotidianas e associações com competência social e sucesso escolar. In Rodriguez, J. M. (ed.), Avances en Ciencias de la Educacion - Volumen I. Dykinson.
Abstract(s)A capacidade de as crianças serem socialmente competentes e academicamente bem-sucedidas é indicadora de um desenvolvimento positivo. Esta demonstração de competência é, em parte, o resultado da sua participação em atividades quotidianas desenvolvidas em casa, na escola, ou na comunidade. No entanto, as evidências empíricas são limitadas no que concerne os mecanismos complexos que ligam diferentes perfis de participação e exposição a atividades quotidianas e resultados desenvolvimentais positivos. Partindo de uma abordagem ecológica e centrada na pessoa, o presente estudo tem como objetivo analisar as associações entre diferentes padrões de atividades quotidianas e os seus correlatos desenvolvimentais, especificamente, como a exposição a diferentes combinações de atividades (estruturadas e menos estruturadas), ocorrendo em diferentes contextos ecológicos (casa, escola, comunidade), influenciam a competência social e o sucesso escolar das crianças. Este estudo, transversal e exploratório, é baseado em dados de uma amostra não-probabilística de alunos do 3.º e 4.º ano de escolaridade (n = 209) do Centro e Norte de Portugal. Os participantes (encarregados de educação e crianças) preencheram questionários avaliando o uso do tempo, indicadores desenvolvimentais e as características sociodemográficas da amostra. Os resultados indicam que diferentes perfis de participação em atividades quotidianas representam diferentes níveis de exposição a oportunidades desenvolvimentais, estando por isso moderadamente associados a indicadores de desenvolvimento positivo. Perfis caracterizados por maior intensidade de participação semanal em atividades estruturadas e estimulantes como atividade física, atividades diádicas e sociais com os pais, sono de qualidade, e menor envolvimento em atividades de ecrã (ex., TV, computador) estão associados a níveis mais elevados de competência social (comportamento adaptativo e prossocial) e de rendimento escolar e a níveis mais baixos de problemas comportamentais. Uma perspetiva desenvolvimental ecológica do quotidiano das crianças é necessária e útil para informar políticas e respostas sociais que visem promover um desenvolvimento positivo das crianças em idade escolar.
TypeAbstract
URIhttps://hdl.handle.net/1822/74440
ISBN978-84-1377-850-1
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEC - Comunicações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Atas.pdf718,38 kBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID