Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/64673

TitleAs perceções dos stakeholders acerca da utilização de elementos paratextuais nos relatórios e contas
Other titlesThe perceptions of stakeholders about the using of paratextual elements in annual reports
Author(s)Faria, Maria Clara da Silva
Advisor(s)Oliveira, Lídia
KeywordsElementos paratextuais
Gestão de impressões
Imagem organizacional
Relatório e contas
Stakeholders
Annual reports
Organizational image
Paratextual elements
Impression management
Issue date2019
Abstract(s)Esta investigação tem como objetivo analisar as perceções dos stakeholders acerca da utilização de elementos paratextuais no relatórios e contas. Mais concretamente, pretende-se conhecer as perceções dos stakeholders acerca do relatório e contas como um instrumento de comunicação, sobre a utilização dos elementos paratextuais nesse documento e de que modo a sua inclusão é percecionada como um instrumento de gestão de impressões. Este estudo assume uma abordagem qualitativa, tendo envolvido a realização de onze entrevistas semiestruturadas a contabilistas certificados, revisores oficiais de contas, docentes universitários, diretores financeiros e analistas de crédito. O relatório e contas é o documento financeiro com mais abrangência de conteúdo, que permite à empresa comunicar ao exterior a informação pretendida, para além da financeira e obrigatória. Neste sentido, é considerado um instrumento de comunicação entre a empresa e todos os stakeholders, tornando-se num documento usado para comunicar a identidade da empresa. Neste processo de comunicação verifica-se a crescente inclusão de elementos paratextuais e o recurso a estratégias que visam influenciar a opinião dos stakeholders acerca da organização. Os entrevistados assumem que o relatório e contas tem evoluído ao longo das últimas décadas. Os fatores percecionados como impulsionadores desta evolução são: o avanço tecnológico, a entrada em vigor do Sistema de Normalização Contabilística, a procura crescente de informação pelo mercado e a necessidade da empresa em comunicar a sua imagem. Os stakeholders entrevistados percecionam que existe uma preocupação das empresas em apresentar um documento que espelhe a sua identidade e para tal recorrem a vários artifícios para chamar atenção, nomeadamente, os elementos paratextuais. Estes podem de facto ter influência na mente dos utilizadores do relatório e contas, na medida em que tornam possível uma leitura mais apelativa, interessante e que a informação seja mais rapidamente memorizada. No entanto, os entrevistados são de opinião que a utilização dos elementos paratextuais não é algo que leve a distorções da verdadeira imagem da empresa, porque existe outra informação que validará, ou não, a perceção do leitor.
This research aims to analyze stakeholders' perceptions about the use of paratextual elements in annual reports. More specifically, it intends to know the stakeholders' perceptions about this document as a communication tool, the use of paratextual elements in the annual report and how its inclusion is perceived as an impression management tool. This study takes a qualitative approach, involving eleven semi-structured interviews to certified accountants, statutory auditors, university lecturers, financial directors and credit analysts. The annual report is the most comprehensive financial document that allows the company to communicate the desired information in addition to the financial and mandatory information. It is considered a communication tool between the company and all stakeholders, becoming a document used to communicate the company's identity. In this communication process, there is a growing inclusion of paratextual elements and the use of strategies aimed at influencing stakeholders' opinion about the organization. The interviewees assume that the annual report has evolved over the past few decades. The factors perceived as drivers of this evolution are: technological development, the entry into force of the Accounting Standardization System (Sistema de Normalização Contabilística), the growing demand for information by the market and the company's need to communicate its image. Interviewed stakeholders perceive that there is a concern of companies to present a document that mirrors their identity and for this they use various devices to draw attention, namely the paratextual elements. These can have an influence on the minds of users of the annual as they make it more appealing, interesting to read and information to be memorized faster. However, according to the interviewees, the use of paratextual elements is not something that leads to distortions of the true image of the
TypeMaster thesis
DescriptionRelatório de estágio de mestrado em Contabilidade
URIhttp://hdl.handle.net/1822/64673
AccessEmbargoed access (2 Years)
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
EEG - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria+Clara+da+Silva+Faria.pdf
  Until 2022-01-01
15,92 MBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID