Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/61964

TitleAtividade experimental de microbiologia sobre saúde oral em Moçambique usando de materiais de fácil acesso
Author(s)Azevedo, Manecas Cândido
Singo, Brígida
Mafra, Paulo
Carvalho, Graça Simões de
KeywordsAtividade experimental
Microbiologia
Saúde oral
Programa de ensino
Manual escolar
Issue date2019
PublisherInstituto Politécnico de Bragança (IPB)
CitationAzevedo, M., Singo, B., Mafra, P. & Carvalho, G.S. (2019). Atividade experimental de microbiologia sobre saúde oral em Moçambique usando materiais de fácil acesso. In: Teixeira, C., Gonçalves, V., Rodrigues, A. S., Guerreiro, C. & Santos, L.M. (Eds.). II Encontro Internacional de Língua Portuguesa e Relações Lusófonas - LUSOCONF2019: livro de resumos. Bragança: Instituto Politécnico. p.16
Abstract(s)O currículo do ensino secundário geral de Moçambique aponta para um currículo dinâmico e flexível, com abordagens transversais de conteúdos, com integração temática, multidisciplinar e com o desenvolvimento de competências para a vida. As competências referem-se ao conjunto de saberes, capacidades, comportamentos e informações que permitem ao indivíduo tomar decisões informadas, resolver problemas, pensar crítica e criativamente, relacionar-se com os outros e manifestar atitudes para com a sua saúde e da sua comunidade A atividade experimental de microbiologia tem esse objetivo e pressupõe a manipulação de material laboratorial, com observação de microrganismos. Neste estudo foram analisados os conteúdos de microbiologia no programa de ensino e no manual escolar da 9.ª classe (14-15 anos) de Moçambique, que é livro único. A análise revelou que a abordagem do tema no programa e manual é tratado de forma explícita e implícita, dando importância a conteúdos de microbiologia relacionados com a saúde. No manual foi identificada uma imagem com conteúdo implícito de microbiologia na unidade “Introdução à vida das plantas”, em que é referido o uso da planta mulala para a escovagem dos dentes. Assim, decidiu-se elaborar uma atividade experimental sobre “presença de microrganismos na boca e a eficiência da higiene oral” a partir de um guião convencional de investigadores portugueses que foi adaptado para o contexto moçambicano. Numa primeira fase, a atividade foi desenvolvida no Laboratório de Ciências do Instituto de Educação da Universidade do Minho, utilizando os recursos do próprio laboratório. Ao se desenvolver a atividade de forma convencional, foi-se refletindo na sua adaptação à realidade da escola moçambicana através de uso de material de fácil acesso. Para o efeito, adquiriram-se materiais simples e realizou-se a atividade com esses materiais, que foi efetuada com sucesso. Organizou-se então o guião que será utilizado em Nampula por professores que aplicarão este guião com vista à validação final do guião desta atividade experimental. Com este estudo espera-se ajudar os alunos da 9.ª classe de Moçambique a conhecerem os microrganismos, neste caso bactérias, e a reconhecerem melhor as medidas de prevenção da cárie dentária e a compreenderem a relação entre bactérias da boca e a saúde oral.
TypeAbstract
URIhttps://hdl.handle.net/1822/61964
ISBN978-972-745-267-5
Publisher versionhttps://bibliotecadigital.ipb.pt/bitstream/10198/16528/5/livro_de_resumos_lusoconf2019_final.pdf
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEC - Comunicações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
IPB-LusoConf_ActExperim-9classe.pdf1,56 MBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID