Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/60305

TitleCibergestão da formação em contexto empresarial: instrumentos, conceções e práticas
Other titlesCyber training management in business context: instruments, conceptions and practices
Author(s)Araújo, Teresa Patrícia Meireles
Advisor(s)Rocha, M. Custódia J.
KeywordsCibergestão
Cibernética
Plataformas digitais
Recursos humanos
Cybernetics
Cyber-management
Digital platforms
Human resources
Issue date30-Apr-2019
Abstract(s)As plataformas digitais, o virtual, a conexão em rede, as novas tecnologias da informação e da comunicação transformaram-se em novas ferramentas e em novas formas de trabalho para muitos profissionais em diferentes áreas e, também, na área da formação (profissional) de recursos humanos. O trabalho, hoje, e ainda mais num futuro próximo, é completa e radicalmente diferente do trabalho da clássica sociedade industrial, hierarquizada, funcionalizada e de unidade de comando ou de controlo centralizados. Estas inovações de hoje permitem a diferenciação competitiva num contexto de rápida evolução tecnológica. Temos hoje novas estratégias, novos modelos de gestão que se evidenciam por se apoiarem no digital e que, em alguns casos, podem mesmo considerar-se como uma ferramenta obrigatória e essencial para a realização de tarefas e atividades. Quanto mais digitais forem as tecnologias, mais otimizados e automatizados são os processos, o que limita a suscetibilidade de erro, o que favorece a rapidez, delimita novas relações entre as máquinas e as pessoas e, também, novas interações entre as pessoas, novas relações, nomeadamente de poder, novas formas de socialização. Neste trabalho de intervenção-investigação reflete-se sobre esta realidade organizacional e sociológica. Feito o enquadramento contextual e a caraterização de uma plataforma, a FAZ, parte-se para o debate. Convocando autores de renome chega-se à cibergestão, o que exige explorar conceitos como: cibernética, plataformas digitais, automação, sociedade cibernética, sociedade da informação, globalização, controlo, poder, interseções, relações, interações, entre outros. Conclui-se que a FAZ, mais do que um método de trabalho de gestão de informação e de dados de formação, mais do que um instrumento de gestão estratégica da formação de recursos humanos (cibergestão) envolve processos que promovem e estimulam uma maior predisposição, abertura e colaboração para o digital e que possibilitam aos intervenientes atualizarem relações que envolvem “aprendizagens significativas” mutuamente partilhadas.
Digital platforms, virtual platforms, networking, new information and communication technologies have become new tools and new ways of working for many professionals in different areas, as well as in the (professional) training area of human resources. Work, today, and more in the near future, is completely and radically different from the work of the classical industrial society, hierarchical, functionalized, and centralized in command or control. These innovations today allow competitive differentiation in a context of rapid technological change. Today we have new strategies, new management models that are evidenced by being supported in digital and that, in some cases, can even be considered as a mandatory and essential tool for the accomplishment of tasks and activities. The more digital the technologies, the more optimized and automated processes are, which limits the susceptibility of error, which favors speed, delimits new relationships between machines and people and also, new interactions between people, new relationships, namely of power. In this work of intervention-research is reflected on this organizational and sociological reality. Once the contextual framework and the characterization of a platform have been made, the FAZ starts for the debate. From renowned authors to cyber-management, it is necessary to explore concepts such as: cybernetics, digital platforms, automation, cyber society, information society, globalization, control, power, intersections, relationships, interactions, among others. It is concluded that FAZ, more than a method of work of information management and training data, is more than an instrument of strategic management of the training of human resources (cyber-management) involves processes that promote and stimulate a greater predisposition, openness and collaboration for the digital and that enable the actors to update relationships that involve mutually shared "meaningful learning".
TypeMaster thesis
DescriptionRelatório de estágio de mestrado em Educação (área de especialização em Formação, Trabalho e recursos Humanos)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/60305
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEd - Dissertações de Mestrado em Educação / MSc Dissertations in Education
BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Teresa Patrícia Meireles Araújo.pdf3,67 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID