Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/48308

TitleReflexões: a criança, o brincar e a infância... do “outro lado do espelho”
Author(s)Cunha, António Camilo
Kuhn, Roselaine
KeywordsCriança
Infância
Brincar
Issue dateJul-2016
PublisherWhitebooks
CitationCunha, A.C & Kuhn, R. (2016). Reflexões: a criança, o brincar e a infância... do “outro lado do espelho” . In F. Ferreira et al (org), Investigação, formação docente e culturas da infância: Vol. II, Atas do II Seminário Luso-Brasileiro de Educação de Infância (pp. 652-660).
Abstract(s)Quando nos situamos na no campo da criança, do brincar e da infância, nos deparamos com inúmeras dimensões que se expressam individualmente e em inter-relação. As ideias de corporeidade, educação, escola, currículo, jogar, competir, razão, fenomenologia, contexto, natureza, imaginação e cultura são algumas dessas dimensões. Por outro lado, ao olharmos para a literatura (da especialidade) constatamos que a racionalidade positiva expressa nas várias ciências tem algo a dizer sobre essas dimensões. Porém, é um dizer que coloca criança, a infância e o brincar em etapas, fórmulas, geometrias e fases. No entanto, há outro mundo que parece muitas vezes esquecido no campo da intervenção pedagógica. Um mundo natural, fenomenológico, de energia iniciática. É esse mundo do outro lado do espelho tentaremos mostrar e dizê-lo. A presente reflexão tem por objetivos: Olhar para a criança, para o brincar e para a infância numa perspetiva fenomenológica e hermenêutica; Tentar mostrar que a criança, o brincar, a infância fazem parte do campo do fenómeno original e inaugural; Contribuir para novos olhares pedagógicos, de pensamento e ação, nas primeiras idades. Os resultados reflexivos mostram que a criança, o brincar, a infância, são, (também) do campo primeiro da existência. Como uma espécie de nódulo emocional, a criança, a infância e o brincar podem ser encarados como fenómenos que se situam muito além das racionalidades, ainda que também se localizem no centro de sucessivas reconfigurações teóricas. E estes são argumentos que poderão contribuir com outras abordagens e olhares pedagógicos levando a criança, para a frente, para diante, enfim, para a vida
TypeConference paper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/48308
ISBN978-989-8765-46-8
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEC - Textos em atas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
II Seminario Luso B Cunha Reflexões a criança, o brincar e a infancia.pdf9,14 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID