Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/48012

TitleExposição de crianças ao fumo ambiental do tabaco: avaliação de programa preventivo
Other titlesChildren's exposure to secondhand smoke: a preventive program assessment
Author(s)Precioso, José
Araújo, Ana Carolina Loureiro Lopes
Samorinha, Ana Catarina Carvalho
Machado, José Cunha
Rocha, Vânia
Becoña, Elisardo
Vitória, Paulo
Antunes, Henedina
KeywordsSmoking
Children's health
Preventive psychology
Tabagismo
Saúde infantil
Psicologia preventiva
Issue dateAug-2017
PublisherSociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde (SPPS)
JournalPsicologia, Saúde & Doenças
CitationPrecioso, J., Araújo, A. C., Samorinha, C., Machado, J. C., Rocha, V., Becoña, E., ... & Antunes, H. (2017). Children's exposure to secondhand smoke: a preventive program assessment. Psicologia, Saúde & Doenças, 18, 591-601
Abstract(s)A exposição de crianças ao fumo ambiental do tabaco é uma realidade mundial com consequências negativas graves na saúde infantil. Este estudo pretende avaliar a eficácia a curto-prazo do programa Domicílios 100% livres de fumo, na prevenção da exposição de crianças ao fumo ambiental do tabaco. Com essa finalidade foi realizado um estudo quase experimental que incluiu um grupo experimental constituído por alunos 466 do 4º ano de escolaridade de escolas de Braga e um grupo de controlo constituído por 273 alunos do 4º ano de escolaridade de escolas da Covilhã em Portugal. Aplicou-se um questionário de auto-preenchimento utilizado como pré/pós teste a ambos os grupos, tendo o programa sido implementado somente no grupo experimental. Observou-se uma redução significativa na prevalência de mães fumadoras do grupo experimental comparativamente ao grupo de controlo. Não se verificaram, contudo, alterações no consumo de tabaco no domicílio pelos pais dos alunos após a intervenção que possam ser atribuídas ao programa, confirmando a literatura existente. Intervenções futuras deverão actuar a um nível comunitário e focar-se directamente nos pais.
The exposure of children to secondhand smoke is a worldwide reality with serious negative consequences on children's health. This study aimed to evaluate the short-term efficacy of the intervention program Domicílios 100% livres de fumo, in the prevention of children's secondhand tobacco smoke exposure. The study included an experimental group of 466 4th graders students from Braga schools and a control group of 273 4th graders students from Covilhã schools in Portugal. A validated self-reported questionnaire was administered to both groups before and after the program implementation. The program was only administered to the experimental group. Results showed a significant lower prevalence of mothers who smoke in the experimental group than in the control group. However, no significant differences were found on the parents' tobacco consumption at home after the intervention, which confirms the results found in other studies. Future intervention programs should adopt a community approach and focus directly on parents
Typearticle
URIhttp://hdl.handle.net/1822/48012
ISSN2182-8407
Publisher versionhttp://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1645-00862017000200025&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt
Peer-Reviewedyes
AccessopenAccess
Appears in Collections:ICVS - Artigos em Revistas Internacionais com Referee
CIEC - Artigos (Papers)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EXPOSIÇÃO DE CRIANÇAS AO FUMO AMBIENTAL DO TABACO.pdf238,22 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis