Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/46061

TitlePYGMALION
Author(s)Roseta, Lara Andrea Ferreira Freitas
Advisor(s)Louro, Maria Filomena
KeywordsAprendizagem
Educação
Formação
Cultura
Melhoramento
Evolução
Progresso
Adultos
Língua
Linguagem
Literatura
Didática
Dramática
Pigmalião
Galateia
Representação social
Sociedade
Classe média
Critica
Pobreza
Casamento
Amor
Independência
Domesticação
Learning
Education
Training
Culture
Improvement
Evolution
Progress
Adults
Language
Literature
Didactics
Drama
Pygmalion
Galatea
Social representation
Society
Middle class
Critics
Poverty
Marriage
Love
Independence
Domestication
Issue date30-May-2013
Abstract(s)O presente Relatório de Atividade Profissional aborda o uso da literatura e linguagem dramática em contexto de sala de aula como instrumento dinamizador da aprendizagem da Língua Inglesa. Este relato resulta da reflexão crítica da experiência profissional da sua autora particularmente no que concerne a Educação e Formação de Adultos, considerando ser esta uma das áreas que lhe permitiu maior desenvolvimento das suas competências como professora e formadora. Assim, apresentando evidências que suportam as suas conclusões, a autora explora conceitos teóricos, metodologias e estratégias que lhe permitiram proporcionar uma experiência de aprendizagem válida a adultos. Em articulação com a análise critica desta experiencia profissional, a autora estuda a obra dramática Pygmalion de George Bernard Shaw, procurando expor como o dramaturgo apresenta a possibilidade de progressão social e do melhoramento pessoal por meio da educação, da exposição à cultura e da linguagem. Desta forma, e tomando como linha de orientação a filosofia de Shaw, as personagens são vistas sob o prisma das suas representações sociais, da aderência ou não aderência à norma. Por fim, considerando não só a peça original, mas também a sua adaptação para o cinema em 1938 e a sua adaptação para o género musical em 1964, My Fair Lady, a análise comparativa das três obras oferece a ponderação sobre o processo de melhoramento e promoção social de Eliza e sua domesticação.
The Professional Activity Report at hand comprehends the use of literature and dramatic language within the classroom as a dynamic tool for the English language learning. This report results from the critical analysis of the author’s professional experience mainly in what Adult Education and Training is concerned, considering that this area has allowed her to develop her skills immensely, both as a teacher and as a trainer. Thus the author explores theoretical concepts, methodologies and strategies which permitted her to create a worthy learning experience to adults, while presenting evidence that corroborate her conclusions. Closely connected with the critical reflection on this professional experience, the author studies George Bernard Shaw’s play Pygmalion, in order to explain how the author presents the possibility of social progression and personal improvement through education, the contact with cultural assets and language. Taking into account Shaw’s philosophy, characters are therefore examined according to their social representations and whether they adhere or distance themselves from the norm. Finally the comparative study of the original play, its adaptation to the cinema in 1938 and to the musical genre in 1964, My Fair Lady, offers a consideration on Eliza’s improvement process and social promotion and her domestication.
TypeMaster thesis
DescriptionRelatório de atividade profissional de mestrado em Língua, Literatura e Cultura Inglesas
URIhttp://hdl.handle.net/1822/46061
AccessRestricted access (UMinho)
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
ILCH - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Lara Andrea Ferreira Freitas Roseta.pdf
  Restricted access
Tese10,09 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID