Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/41748

TitleAs redes sociais na rádio TSF: o Facebook e o Twiter como veículos de difusão e angariação de informação
Other titlesThe social media at TSF radio: Facebook and Twitter as a means of distribution and gather of information
Author(s)Sá, Mariana Gabriela Brás de
Advisor(s)Oliveira, Madalena
KeywordsJornalismo
Rádio
Redes sociais
Interactividade
Partilha
Distribuição
Facebook
Twitter
TSF - Rádio Notícias
Journalism
Social media
Interactivity
Sharing
Distribution
Issue date2010
Abstract(s)Este trabalho parte da experiência de estágio na TSF – Rádio Notícias, em Lisboa. Enquanto estive na rádio as redes sociais revelaram-se ferramentas com bastante potencial, que podiam trazer algo de positivo, se bem aproveitadas. O que começou como palpite e vontade de experimentar algo de novo acabou por tornarse em algo que pode permitir que os jornalistas consigam fazer melhor o seu trabalho. O terramoto no Haiti mostrou como, em momentos extraordinários, em que muito poucas coisas funcionam, as redes sociais podem dar uma ajuda – mas não fazer o trabalho completo. O Twitter e o Facebook permitiram que se conseguisse contactos para falar com quem estava no terreno, na altura. Partindo desta oportunidade, analisando o contexto social e as vantagens que as redes podem trazer ao jornalismo, não só ao nível de contactos, mas sobretudo na distribuição dos conteúdos, reflicto sobre o que o Facebook e o Twitter podem fazer pela rádio TSF. Questiono também, se esta imersão nas redes sociais não se tornou num passo fundamental (quase que inevitável) para os media, e no caso específico para a rádio TSF. Em forma de complemento, procuro perceber de que forma actuam no Facebook e Twitter, se estão presentes, a concorrência directa nacional e as rádios similares espanholas.
This report has my internship at TSF – Rádio Notícias (Lisbon) as a starting point. While I was there, the social media revealed itself to be a tool with a great potential, which could result in something positive, if done the right way. What started as instinct and will to experiment, became something that may allow journalists to do a better job. The earthquake in Haiti showed how, in extraordinary times, in which very few things work, the social media can help out – not do the whole job, though. Twitter and Facebook allowed us to get contacts of sources that were in Haiti, at that moment. Realizing this opportunity, analyzing the social context and the advantages that these networks can provide for journalism, not only in terms of contacts, but mainly for the content distribution, I discuss what Facebook and Twitter can do for TSF radio. I also wonder if this venture into the social media has not become a key step (almost inevitable) for the media, especially in TSF’s case. To complete this report I have analyzed TSF’s competition in Portugal and two similar radios in Spain, to understand how they act on Facebook and Twitter, if they are in fact present.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Ciências da Comunicação (área de especialização em Informação e Jornalismo)
URIhttps://hdl.handle.net/1822/41748
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
CECS - Dissertações de mestrado / Master dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Mariana Gabriela Brás de Sá.pdf479,7 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID