Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/34624

TítuloA influência da Educação Física no bullying escolar : a solução ou parte do problema?
Outros títulosThe influence of Physical Education in school bullying : the solution or part of the problem?
AutorMelim, Fernando
Pereira, Beatriz Oliveira
Palavras-chaveBullying
Escola
Educação Física
School
Physical education
Data15-Jan-2015
EditoraOrganização dos Estados Iberoamericanos (OEI/CAEU)
ResumoA disciplina de Educação Física tem um forte efeito socializador entre os jovens e deverá ter um papel primordial no combate aos problemas de violência, indisciplina e bullying que preocupam a escola atual. Esta investigação pretende analisar as interinfluências entre a Educação Física e o comportamento bullying e compreender em que medida este problema prejudica as finalidades relacionais, humanistas e éticas desta disciplina. Estudo analítico de delineamento transversal realizado numa amostra de 1818 alunos de escolas portuguesas, com uma média de idades de 12,8 anos. Concluímos que as atitudes e opiniões dos alunos com experiências de bullying, em relação à participação na aula de Educação Física, são distintas das dos restantes alunos: os alunos que assumiram ter agredido/bullied, manifestam maior concordância com opiniões prepotentes e injustas do que os alunos que não agrediram/bullied e os alunos que foram vítimas de bullying sentem mais dificuldades e constrangimentos na sua participação na aula de EF do que os colegas que nunca foram vitimados; comprovou-se igualmente que os alunos com experiências de bullying (seja vitimização ou agressão) têm expectativas mais reduzidas em relação às aprendizagens nesta disciplina. Finalmente confirmou-se que um aproveitamento insatisfatório nesta disciplina constituiu um significativo fator de risco relativamente à probabilidade de um aluno ser vítima de bullying pelos seus pares.
The discipline of Physical Education has a strong socializing effect on young people and should have a major role in the struggle against violence, indiscipline and bullying related problems that concern today’s school community. This research aims to analyse the interaction between Physical Education and bullying behaviour and to understand to what extent this problem undermines the relational, humanistic and ethical purposes of this school subject. Cross-sectional analytical study conducted in a sample of 1818 students from portuguese schools, with a mean age of 12.8 years. We conclude that the attitudes and opinions of students with experiences of bullying, relatively to participation in physical education classes, are distinct from other students’: students who have bullied someone show better agreement with arrogant and unjust opinions than those didn’t and students who were victims of bullying experience more difficulties and constraints towards their participation in physical education class, than their colleagues who were never victimized; it was also confirmed that students with who have experienced bullying (either victimization or aggression) have lower expectations regarding learning in this course. Lastly it was confirmed that a negative assessment in this discipline was a significant risk factor for a student’s probability of being bullied by his or her peers.
Tipoarticle
URIhttp://hdl.handle.net/1822/34624
ISSN1022-6508
1681-5653
Versão da editorahttp://www.rieoei.org/deloslectores/6650Ornelas.pdf
Arbitragem científicayes
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:CIEC - Artigos (Papers)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
A influência da Educação Física no bullying escolar.pdf447,79 kBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis