Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/23262

TitleRedes sociais e educação para os media, um retrato da imprensa portuguesa
Author(s)Almeida, Daniela Filipa Alves
Advisor(s)Pinto, Manuel
KeywordsRedes sociais
Comunicação
Imprensa
Educação para os media
Social networks
Communication
Press
Media education
Issue date2012
Abstract(s)Do século XX para o século XXI foi possível assistir a uma evolução e expansão mediática significativa. Os diferentes media exercem atualmente um impacto notável na sociedade e passaram a ser uma parte integrante do quotidiano dos cidadãos, revelando ter influência nas suas vidas. Os sites de redes sociais têm vindo a crescer e a conquistar popularidade, nomeadamente entre os jovens, revolucionado a sua forma de comunicar e interagir. É neste contexto que a Educação para os Media assume um papel crucial, pois sendo inevitável o contacto com os media, torna-se fundamental que se desenvolvam capacidades críticas de consumo mediático. Só através da educação será possível promover boas práticas de utilização dos media, e munir os cidadãos de instrumentos que permitam descodificar as diversas mensagens mediáticas. Este estudo procurou relacionar os media clássicos e os novos media, através da análise de dois jornais diários portugueses: o Jornal de Notícias e o Público. Como ponto de partida colocaram-se duas questões de investigação: por um lado pretende-se investigar como são retratadas as redes sociais, qual é a imagem que está a ser criada pela imprensa, qual a representação que se reflete na cobertura noticiosa; por outro lado, questiona-se se, em algum momento da cobertura jornalística, há referência à Educação para os Media, se há uma contribuição da imprensa escrita para esclarecer e educar no sentido das oportunidades que as redes socias nos podem proporcionar e em como evitar situações prejudiciais.
From the twentieth to the twenty-first century it was possible to see a significant media evolution and growth. The different media currently exert a remarkable impact on society and have become an integral part of citizens’ daily routines, revealing influence in their lives. The social networking sites have been growing and gaining popularity, especially among young people, revolutionizing the way they communicate and interact. It is in this context that Media Education plays a crucial role, as being inevitable to have contact with the media, it is essential to develop critical capabilities for media consumption. Only through education will be possible to promote good practices in the use of media, and equip citizens with tools to decode the various media messages. This study sought to relate classical media and new media, through the analysis of two Portuguese daily newspapers: Jornal de Notícias and Público. As a starting point two questions were asked: on one hand it is intended to investigate how social networks are portrayed, which is the image that is being created by the press, which representation is reflected in the news coverage; on the other hand, it is asked if at some point in media coverage there is reference to Media Education, if there is a contribution of the press to enlighten and educate towards the opportunities that social networks can provide and how to avoid harmful situations.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Comunicação, Cidadania e Educação
URIhttp://hdl.handle.net/1822/23262
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
CECS - Dissertações de mestrado / Master dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Daniela Filipa Alves Almeida.pdf2,7 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID