Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/11836

TitlePercepção de professores de 15 países sobre saúde e educação para a saúde
Author(s)Carvalho, Graça Simões de
Pironom, J.
Jourdan, Didier
Berger, Dominique
KeywordsEducação para a Saúde
Concepções de professores
Multiculturalidade
Modelos de saúde
Issue date2010
PublisherUniversidade da Beira Interior. Departamento de Psicologia e Educação
CitationPsicologia e Educação. ISSN 1645-6084. 9:nº especial (2010) 113-114.
Abstract(s)A Educação para a saúde em meio escolar tem vindo a ser implementada através de uma diversidade de estratégias, dependendo do conceito de saúde e de educação para a saúde. Tradicionalmente, tem-se preocupado em fornecer essencialmente conhecimentos científicos, assumindo que uma pessoa saudável é aquela que tem todos os seus órgãos em bom funcionamento. Em contraste com esta perspectiva enquadrada no modelo biomédico (M-B), tem-se vindo a consolidar o modelo biopsicosocial (M-BPS) que engloba uma perspectiva holística da saúde. Neste estudo analisamos e comparamos as concepções dos professores de 15 países sobre a saúde e a educação para a saúde. Diferem geográfica e socio-culturalmente, sendo 3 do norte da Europa (Finlândia, Estónia e Hungria), 5 do Sul (Portugal, França, Itália, Roménia e Chipre), 3 do Norte de África (Marrocos, Argélia e Tunísia), 2 de África Subsaariana, 1 do Próximo Oriente (Líbano) e um da América do Sul (Brasil). Em cada país aplicou-se o questionário do projecto BIOHEAD-CITIZEN a 6 amostras (professores em exercício e futuros professores do Ensino Primário, de Biologia e de Língua Nacional) num total de 6001 respondentes. Os resultados mostraram diferenças significativas entre os países, sendo que os professores da Tunísia são os que têm concepções mais M-B, e os da Finlândia mais M-BPS. A regressão logística mostrou haver uma associação preferencial de grupos (países, religião, grupo de docência e nível de formação) quer à visão B-M quer à M-BPS. Estes resultados podem ajudar a explicar as diferenças em educação para a saúde encontrada entre países.
Typearticle
URIhttp://hdl.handle.net/1822/11836
ISSN1645-6084
Peer-Reviewedyes
AccessopenAccess
Appears in Collections:DCILM - Revistas
CIEC - Artigos (Papers)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Psi&Edu_Profs15paises.pdfSumário450,27 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis