Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/88734

TitleUm sol de cor: a proficiência musical e o efeito de progressão na capacidade de memória
Other titlesNote to remember: music expertise and progression effect in working memory capacity
Author(s)Cunha, Filipa Brandão da
Advisor(s)Albuquerque, Pedro Barbas
KeywordsCompetência musical
Crianças
Desenvolvimento cognitivo
Memória de trabalho
Music expertise
Children
Cognitive development
Working memory
Issue date15-Dec-2023
Abstract(s)A proficiência musical tem um efeito significativo no desenvolvimento das capacidades cognitivas e envolve processos como a atenção ou a memória. A memória de trabalho, por sua vez, caracteriza-se como um sistema capaz de manter a informação ativa no momento em que desempenhamos uma determinada tarefa (e.g., aprender a tocar um instrumento musical). Com efeito, a memória de trabalho mostra-se essencial à aquisição desta competência. Mas terá a proficiência musical um impacto diferenciado na capacidade de memória quando desempenhamos tarefas com estímulos musicais e tarefas com estímulos não musicais? Esta foi a questão de investigação no presente estudo. Os participantes (estudantes de música) realizaram tarefas de recordação de dígitos, notas musicais e localizações espaciais, nas ordens direta e inversa. Foi também realizada uma tarefa recorrendo a um procedimento modificado de Stroop, com estímulos musicais. Os resultados neste estudo não evidenciaram diferenças significativas no desempenho dos participantes nas tarefas de memória. Apenas se verificaram diferenças significativas na tarefa de amplitude de memória imediata para dígitos. Por fim, verificou-se também um aumento no desempenho das tarefas, entre os diferentes níveis de ensino, cujo efeito de progressão pode ser explicado pelo fator idade.
Music expertise has a significant effect on the development of cognitive abilities and involves processes such as attention or memory. In turn, working memory is characterized as a system capable of holding information active when we perform a specific task (e.g., learning to play a musical instrument). Therefore, working memory proves to be essential for acquiring this skill. But what effect has musical proficiency on memory capacity when performing tasks with musical stimuli compared to tasks with non musical stimuli? The present study aimed to answer this question. Participants (music students) performed tasks involving recall of digits, musical notes, and spatial locations, in both forward and backward tasks. A modified Stroop task with musical stimuli was also conducted. The results in this study did not reveal significant differences in participants performance in memory tasks. However, differences were observed in the span task, with better performance for digits. Lastly, there was also an increase in performance in memory tasks, between different groups, whose progression effect can be explained by age.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado integrado em Psicologia
URIhttps://hdl.handle.net/1822/88734
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
CIPsi - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Filipa Brandao da Cunha.pdfDissertação de mestrado927,36 kBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID