Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/9922

TítuloContextos sócio-económicos da ilegitimidade na freguesia da Meadela (1593-1850)
Autor(es)Solé, Maria Glória Parra Santos
Palavras-chaveDemografia histórica
Ilegitimidade
Sexualidade
Data2008
EditoraCentro de Estudos Regionais (CER)
Citação“Estudos Regionais. II Série”. ISSN 0871-3332. 2 (2008) 103-116.
Resumo(s)Este artigo trata do problema da ilegitimidade na freguesia da Meadela (1593-1850) que está directamente dependente dos contextos em que se inserem as mães destes filhos ilegítimos. Procuramos perceber em que medida as estruturas sociais e económicas da época na freguesia são responsáveis pelos elevados índices de ilegitimidade. O problema da ilegitimidade não se confina só a variáveis sociais e económicas, existem outras variáveis que tendem a justificar o ter filhos fora do casamento. Há diferentes níveis para investigar as atitudes perante a ilegitimidade e o seu significado. Em primeiro lugar debruçamo-nos sobre as circunstâncias, atitudes e os motivos que podem ter levado a tal prática; em segundo lugar, tentamos apurar as atitudes dos pais destas mulheres que davam à luz filhos ilegítimos; e por último procuramos avaliar as atitudes da comunidade. Para responder a estas questões para além da consulta aos registos paroquiais, recorremos ao cruzamento de outras fontes, nomeadamente aos livros de visita e devassa e aos livros de testamento.
Tipoarticle
URIhttp://hdl.handle.net/1822/9922
ISSN0871-3332
Arbitragem científicayes
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:DCILM - Revistas

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
artigo revista CER.pdf249,8 kBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis