Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/8917

TitleTowards a better understanding of the reporting of intagible assets and intellectual capital: portuguese evidence
Author(s)Oliveira, Lídia
Advisor(s)Rodrigues, Lúcia Lima
Craig, Russell
Issue date27-Nov-2008
Abstract(s)This thesis adopts a positivist approach and utilises data analysis and content analysis methods to investigate the reporting of intangible assets and intellectual capital in the annual reports and sustainability reports of Portuguese companies. Among the principal findings is that after controlling for fixed effects, recognised intangible assets are value-relevant to investors and that the value relevance of traditional accounting numbers increases when complemented with recognised intangible assets and, in particular, when complemented with unrecognised intangible assets. This thesis also validates and extends the results of prior empirical studies of the factors which influence the voluntary disclosure of intellectual capital information in company annual reports. Additionally, the findings provide strong support for argument that voluntary disclosure of intellectual capital information can be explained by stakeholder theory and resource-based perspectives. Another conclusion is that sustainability reporting guidelines appear to implicitly promote, and to be conducive, to the reporting of intellectual capital. Consequently, a sustainability reporting could be a starting point for determining the extent of use of intellectual capital reporting. This thesis renders a deeper understanding of the theory and practice of accounting and financial reporting for intangible assets and intellectual capital, especially in Portugal. It advances appreciation of the applicability and relevance of disclosure-related theories and provides information to aid reform of financial regulation in Portugal.
Esta tese adopta uma abordagem positivista e utiliza métodos de análise de dados e a análise de conteúdo com o objectivo de investigar o relato dos activos intangíveis e do capital intelectual nos relatórios anuais e nos relatórios de sustentabilidade das empresas portuguesas. Concluiu-se que, após controlo dos efeitos fixos, os activos intangíveis reconhecidos são de valor relevante para os investidores e que o valor relevância das variáveis contabilísticas tradicionais aumenta quando complementadas com informação acerca dos activos intangíveis reconhecidos e, em especial, com informação sobre os activos intangíveis não reconhecidos. Esta tese também valida e estende os resultados de estudos empíricos anteriores no que diz respeito aos factores que influenciam a divulgação voluntária de informação sobre o capital intelectual nos relatórios anuais das empresas. Adicionalmente, fornece forte suporte de que o aumento da divulgação voluntária do capital intelectual possa ser explicado pela teoria dos stakeholders e pelas perspectivas baseadas nos recursos. Retira-se, ainda, outra conclusão: as orientações destinadas ao relato de sustentabilidade parecem implicitamente promover e contribuir para o relato do capital intelectual. Consequentemente, o relato de sustentabilidade poderá ser um ponto de partida para a extensão do uso do relato do capital intelectual. Esta tese fornece uma compreensão da teoria e da prática contabilística e de relato financeiro dos activos intangíveis e do capital intelectual, em particular, em Portugal. Avança com uma apreciação da aplicabilidade e relevância das teorias da divulgação e contribui com informação e evidência empírica para a ajuda na reforma da regulação financeira.
TypeDoctoral thesis
DescriptionTese de Doutoramento em Ciências Empresariais - Ramo de Conhecimento em Contabilidade
URIhttp://hdl.handle.net/1822/8917
AccessRestricted access (UMinho)
Appears in Collections:BUM - Teses de Doutoramento
EEG - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese final.pdf
  Restricted access
1,74 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID