Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/8851

TitleA inovação em rede e o desempenho empresarial : ensaio de um modelo de equações estruturais para a indústria portuguesa
Author(s)Rodrigues, Cristina S.
Advisor(s)Fernandes, Edite Manuela da G. P.
Martins, F. Vitorino
Issue date22-Dec-2008
Abstract(s)Esta investigação integra-se na temática de inovação-diferenciação e pretende definir e validar um novo modelo teórico que explique a importância da orientação para o mercado e da inovação no desempenho das empresas industriais, considerando uma perspectiva de funcionamento em rede, que integra fornecedores, clientes, concorrência e outros parceiros. O modelo teórico proposto analisa a importância da orientação para o mercado enquanto opção estratégica das empresas industriais na procura de competitividade face ao ambiente actual de incerteza e concorrência acrescida. Neste contexto, as acções das empresas concretizam-se numa oferta competitiva com a proposta de novos produtos, através do desenvolvimento de uma cultura, competências e acções que promovam a inovação. Esta opção implica o reconhecimento da importância e do valor estratégico da compra e a capacidade de funcionamento em rede. Em consequência, o modelo proposto usa cinco variáveis latentes ou constructos: orientação para o mercado, competência de compra, competência em rede de inovação, inovatividade ou capacidade de inovar e desempenho. O modelo operacionaliza sete hipóteses de investigação, que no seu conjunto permitem o estudo do impacto da orientação para o mercado no funcionamento em rede, da influência da organização em rede na capacidade de inovar e do efeito da inovação no desempenho empresarial. As variáveis latentes e o modelo são validados através de uma amostra aleatória e estratificada de empresas industriais portuguesas, obtida pelo Instituto Nacional de Estatística. Numa primeira fase é analisada a validade e fiabilidade dos contructos propostos nesta tese. Segue-se a estimação do modelo estrutural pelo método da máxima verosimilhança e a análise da qualidade do ajustamento, através do software LISREL, confirmando-se o interesse do modelo e a verificação dos objectivos de investigação. O modelo proposto e a análise estatística dos resultados permitem concluir que as empresas industriais devem desenvolver as suas competências de inovação, necessitando para tal de serem orientadas para o mercado, desenvolver competências específicas ao nível da compra e da organização em rede, garantindo em consequência a competitividade e sucesso empresarial.
This scientific research is concerned with the innovation-differentiation paradigm and aims to define and validate a new theoretical model that explains the importance of market orientation and innovation in the performance of industrial companies, considering a network perspective with suppliers, customers, competitors and other partners. The proposed theoretical model analyzes the importance of market orientation as a strategic option of industrial companies searching for competitiveness in the today business environment of uncertainty and added competition. In this context, companies’ actions are rendered in a competitive offer with the proposal of new products, through the development of a culture, competences and actions that promote innovation. This decision implicates the acknowledgment of purchasing importance and strategic value and the recognition of the significance of working in a network environment. As a consequence, the proposed model uses five latent variables or constructs defined as market orientation, purchasing competence, network innovation competence, innovativeness or capacity to innovate and performance. The model comprehends seven hypotheses that allow as a whole to study the effect of market orientation in network working capability, the outcome of network working capability in the company’s innovation capacity, and the effect of innovation in company’s performance. A random and stratified sample of Portuguese industrial companies obtained from Instituto Nacional de Estatística validates the proposed latent variables and the theoretical model. At a first stage, the validity and reliability of the proposed constructs are analyzed. Afterward, the structural model is estimated by the maximum likelihood estimation method and the goodness-of-fit measures are analyzed, through the software LISREL. Results confirm the interest of the model and the accomplishment of research objectives. The proposed model and the statistical analysis of the obtained results allow us to conclude that industrial companies should develop their innovation competences, through a specific effort to be market oriented and to develop specific competences at the level of purchasing and network functioning, thus guaranteeing companies’ competitiveness and managerial success.
TypeDoctoral thesis
DescriptionTese de Doutoramento em Engenharia de Produção e Sistemas - Área de Métodos Numéricos e Estatísticos
URIhttp://hdl.handle.net/1822/8851
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Teses de Doutoramento
DPS - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE FINAL.pdf2,63 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID