Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/86415

Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAzevedo, Ana Francisca depor
dc.contributor.advisorFerreira, Francisco Manuel Gomes Costapor
dc.contributor.advisorSarmento, João Carlos Vicentepor
dc.contributor.authorRego, Andrea de Almeidapor
dc.date.accessioned2023-09-18T10:27:15Z-
dc.date.available2023-09-18T10:27:15Z-
dc.date.issued2023-09-15-
dc.date.submitted2023-
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1822/86415-
dc.descriptionTese de doutoramento em Geografia (especialidade em Estudos da Paisagem)por
dc.description.abstractO cinema é objeto situado em um terreno teórico valioso para a compreensão de eventos espaciais e humanos, com isso contribuindo para esclarecer cada vez mais o que costuma ser classificado como o “universo cotidiano”. Assim, a vasta oferta temática que o cinema nos traz e o seu papel na formação cultural dos espaços, têm exigido novas formas de análise pelos profissionais envolvidos com as imagens movimento, especialmente em Geografia Cultural. Sob essa ótica, o cinema presta-se e oferece se a exploração de conexões teóricas cuja tendência estabeleceu-se em direção ao entrelaçamento dos terrenos movediços das teorias, filosofias e história do cinema e da fotografia, estudos em Cultura Visual, Geografia Cultural, Cartografia e Arquitetura. É a Cartografia Cinemática o método aqui eleito capaz de realizar a transdisciplinaridade entre essas teorias e disciplinas diversas, de forma a explorar tanto a representação dos espaços, como o universo mais-que-representacional dos ecrãs, e os processos de significação a eles relacionados. Nesse sentido, os filmes são vistos como mapas em movimento, documentos de espaços e espacialidades, mas também como registos mnemônicos, iconográficos, topofílicos e psicogeográficos. Esse trabalho, portanto, propôs-se a investigar em um caso de estudo, as representações da paisagem cultural de Copacabana no cinema. Essas paisagens foram cartografadas em filmes escolhidos, varrendo quase 13 anos de produção brasileira – de 1965 a 1978. Os filmes foram confrontados pelos contextos ideológicos, econômicos, sociais e culturais no qual se inserem, tanto os da cidade do Rio de Janeiro como do Brasil. Para efetivar tal objetivo, a pesquisa esclarece as conexões entre as artes paisagísticas, cartográficas, as geografias e o cinema; a função das paisagens nos filmes e a sua evolução como tecnologia de representação; a evolução das geografias fílmicas até as cartografias cinemáticas; e vasculha teorias contemporâneas em geografias culturais e suas possíveis conexões com o cinema, como contributos adicionais para a construção de chaves de leitura de filmes. Estuda igualmente, a configuração da paisagem urbana de Copacabana de forma a reunir seus parâmetros históricos e culturais característicos, incluindo as inúmeras salas de exibição que o bairro abrigou, cujo rebatimento, tanto no desenvolvimento urbanístico como nas práticas socio_culturais relacionadas é indiscutível. Observa as opening scenes de outros 5 filmes tendo em vista sua capacidade de transporte, deslocando os espectadores até o território fílmico através de elementos icônicos da paisagem carioca. E finalmente analisa os filmes, os protagonistas e suas histórias sob as perspetivas trazidas pelas cartografias cinemáticas.por
dc.description.abstractCinema is an object located in a valuable theoretical terrain for the understanding of spatial and human events, thus contributing to clarify more and more what is usually classified as the “everyday universe”. Thus, the vast thematic offer that cinema brings us and its role in the cultural formation of spaces, has required new forms of analysis by professionals involved with movies, especially in Cultural Geography. From this perspective, cinema lends and offers itself to the exploration of theoretical connections whose tendency has been established towards the intertwining of the slippery terrains of theories, philosophies and history of cinema and photography, studies in Visual Culture, Cultural Geography, Cartography and Architecture. Cinematic Cartography is the method chosen to implement transdisciplinarity between those different ways of thinking, to reach the representation of spaces on screens and the processes of meaning related to them, as exposed in the films. In this sense, films are seen as moving maps, documents of spaces and spatialities, but also as mnemonic, iconographic, topophilic and psychogeographical registers. This work proposes to investigate a case study, the Copacabana cultural landscape representation in the movies, mapping 5 chosen films, sweeping 15 years of Brazilian production - from 1965 to 1978. These films are confronted by ideological, economic, social, and cultural contexts in which they are inserted, in the city of Rio de Janeiro and Brazil. To accomplish this objective, the research clarifies the connections between the landscape arts, cartography, geographies, and cinema; the function of landscapes in films and their evolution as a representational technology in cultural visual history; the evolution of filmic geographies to cinematic cartography; and search contemporary theories in cultural geographies and their possible connections with cinema as additional contributions to the construction for reading films keys. It studies the configuration of the urban landscape of Copacabana to bring together its historical characteristics and cultural parameters, including the countless exhibition halls that the neighbourhood housed, whose impact on related social practices is indisputable. The research also observes the film opening scenes and their ability to transport viewers to the filmic location through iconic elements of Rio's landscape. And finally, it analyses the films, the protagonists and their stories from the perspectives brought by cinematic cartographies.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nd/4.0/por
dc.subjectCartografias cinemáticaspor
dc.subjectCinemapor
dc.subjectCopacabanapor
dc.subjectPaisagem culturalpor
dc.subjectCinematic cartographypor
dc.subjectCultural landscapepor
dc.subjectMoviespor
dc.titleCopacabana. Cartografias cinemáticas de uma paisagem cambiantepor
dc.typedoctoralThesiseng
dc.identifier.tid101696477por
thesis.degree.grantorUniversidade do Minhopor
sdum.degree.gradeMuito bompor
sdum.uoeiInstituto de Ciências Sociaispor
dc.subject.fosCiências Sociais::Geografia Económica e Socialpor
Appears in Collections:BUM - Teses de Doutoramento
GEO - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Andrea de Almeida Rego.pdfTese de doutoramento16,25 MBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID