Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/86295

Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorOliveira, Maria Manuelpor
dc.contributor.advisorBarroca, Mário Jorge Lopes Netopor
dc.contributor.authorGraça, Maria Inês Lourençopor
dc.date.accessioned2023-09-05T10:39:39Z-
dc.date.available2023-09-05T10:39:39Z-
dc.date.issued2022-12-05-
dc.date.submitted2022-
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1822/86295-
dc.descriptionTese de doutoramento em Arquitetura (especialidade em Cultura Arquitetónica)por
dc.description.abstractCom esta investigação propomos o estudo da arquitectura senhorial quatrocentista patrocinada pela Casa de Bragança, numa análise comparada entre as casas senhoriais construídas por esta família durante o século XV e início do século XVI. Neste período, a Casa de Bragança edificou o paço em Barcelos (c.1410), Guimarães (c.1420), Ourém (c.1440), Porto de Mós (c.1450), Lisboa (c.1500) e Vila Viçosa (c.1501) que, quando analisados em conjunto, permitem identificar uma linhagem de moradas projetadas pelos Bragança segundo motivações político-simbólicas idênticas, que se refletiram em princípios de implantação e de relação com a envolvente análogos. Nesta trajetória secular, olhamos aprofundadamente os paços ducais em Guimarães e em Lisboa, situados no início e no fim da cronologia sobre a qual nos debruçamos. O Paço dos Duques de Bragança em Guimarães foi – a partir do século XVII, num reconhecimento reitera do pelo Estado Novo – entendido como um dos mais importantes monumentos de Guimarães e do país. Fundado nas primeiras décadas de Quatrocentos, foi sede da Casa de Bragança até à mudança definitiva do ducado para Vila Viçosa na centúria seguinte. O Paço dos Duques em Lisboa é, ainda hoje, um edifício relativamente desconhecido e genericamente tido como desaparecido em Setecentos, na sequência do terramoto de 1755. Construído nos alvores do século XVI, época de renovação e reafirmação do poder do Duque de Bragança, este paço ducal representa uma atualização das premissas que impulsionaram a construção ex novo dos palácios da Casa de Bragança, uma mudança que será definitivamente confirma da com a construção do paço ducal em Vila Viçosa. O estudo da evolução arquitetónica de ambos os palácios desde o período da sua fundação até à atualidade, considerando as suas sucessivas ocupações e intervenções, orienta a pesquisa que nos propomos desenvolver. Pretendemos, a partir do reconhecimento tipológico, morfológico e métrico destas seis moradias no geral, e da análise dos paços em Guimarães e Lisboa em particular, articular conhecimentos oriundos, sobretudo, dos campos disciplinares da Arquitectura e da História, estabelecendo nexos alargados entre a ação edificatória dos Bragança nas suas componentes arquitetónica, simbólica e de afirmação territorial.por
dc.description.abstractThis research aims to study manor houses built by the House of Bragança during the XVth and early-XVIth century: the Earl’s Palace in Barcelos (c.1410), the Ducal Palace in Guimarães (c.1420), the Earl’s Palace in Ourém (c.1440) and in Porto de Mós (c.1450), the Ducal Palace in Lisbon (c.1500) and in Vila Viçosa (c.1501). When analyzed together, these palaces take part in a lineage of manor houses built by this House following similar political motivations and the same architectural typology on a territorial scale. Taking on a closer approach to the Ducal Palace in Guimarães and Lisbon, we set to study the trajectory of the House of Bragança during a period of great convulsion in its history. The Ducal Palace in Guimarães was acknowledged as one of the most important monuments in the coun try before the very notion of heritage was established. Built in the early onset of the XVth century, it was the seat of the House of Bragança until its definite shift towards Alentejo and Vila Viçosa in the following years. The Ducal Palace in Lisbon is still fairly unknown today and is thought to have disappeared in the mid XVIIth century, during the aftermath of Lisbon’s earthquake. Built in the early-XVIth century, a time of renewal of the Bragança’s power and domain, it represents an update in some of the premises that guided the construction of these manor houses, a change in the modus operandi that was later confirmed with the construction of the Ducal Palace in Vila Viçosa. Theoretical and constructive knowledge is articulated from its metric, morphological and typologic analysis, revealing the palaces in a context of continuity and as part of a greater lineage with territorial repercus sions. Broader connections between the Bragança’s expressive constructive endeavours and the territorial domain shown by the palaces’ location sites will be studied, analysing a potential relationship with the establishment of this family in Portuguese society. This research seeks to contribute to understanding a new noble house conception, shaped during a period in which the realm’s stability and thriving relations with Europe created conditions favourable to a changing paradigm.por
dc.description.sponsorshipEste trabalho foi financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia sob a forma de Bolsa de Doutoramento (SFRH/BD/130715/2017), financiado pelo Programa Operacional Temático Fatores de Competitividade (COMPETE) e comparticipados pelo Fundo Comunitário Europeu FEDER.por
dc.language.isoporpor
dc.relationinfo:eu-repo/grantAgreement/FCT/POR_NORTE/SFRH%2FBD%2F130715%2F2017/PTpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0/por
dc.subjectArquitectura senhorialpor
dc.subjectCasa de Bragançapor
dc.subjectGuimarãespor
dc.subjectLisboapor
dc.subjectSéculo XVpor
dc.subjectHouse of Bragançapor
dc.subjectManor housespor
dc.subjectXVth centurypor
dc.titleO ciclo construtivo da Casa de Bragança nos séculos XV e XVI: os seus paços ducais em Guimarães e Lisboapor
dc.typedoctoralThesiseng
dc.identifier.tid101565585por
thesis.degree.grantorUniversidade do Minhopor
sdum.degree.gradeMuito bompor
sdum.uoeiEscola de Arquiteturapor
dc.subject.fosHumanidades::Artespor
Appears in Collections:BUM - Teses de Doutoramento
EAAD - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria Inês Lourenço Graça.pdfTese de doutoramento183,94 MBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID