Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/85937

Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorPereira, Sarapor
dc.contributor.authorMartins, Ana Francisca Moraispor
dc.date.accessioned2023-08-04T08:29:41Z-
dc.date.available2023-08-04T08:29:41Z-
dc.date.issued2023-07-07-
dc.date.submitted2023-04-
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1822/85937-
dc.descriptionRelatório de estágio de mestrado em Ciências da Comunicação (especialização em Publicidade e Relações Públicas)por
dc.description.abstractA ciência é uma área em constante evolução e, muitas vezes, as descobertas e avanços científicos podem ser complexos e difíceis de entender pelo público em geral. Assim, a comunicação da ciência pode ajudar a traduzir esses avanços científicos em linguagem mais acessível, permitindo que as pessoas possam tomar decisões informadas sobre questões que afetam diretamente as suas vidas. Desta forma, é essencial que os profissionais científicos procurem meios de comunicar ciência com o público em geral, não especializado em ciência. Atualmente, as redes sociais são uma das principais fontes de divulgação. Este trabalho aborda a importância que as redes sociais podem ter na área da comunicação de ciência. Assim, após um período de seis meses de estágio curricular no Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL) integrado no Mestrado em Ciências da Comunicação, este Relatório procura compreender o papel das redes sociais no INL como meio de comunicação de ciência, bem como o papel da imagem neste contexto em específico, tendo por base perspetivas críticas de diferentes autores na área das Ciências da Comunicação, abordando conceitos como a comunicação de ciência, a compreensão pública da ciência, a ciência cidadã, ou a utilização das redes sociais na comunicação de ciência. Com o intuito de obter perceções internas à organização sobre a questão em estudo, foi aplicado um questionário a todos os colaboradores do INL, tendo-se obtido um total de 115 respostas. Foram também realizadas cinco entrevistas semiabertas aos cinco profissionais de comunicação do Departamento de Comunicação e Marketing do INL. As conclusões deste estudo revelam que, apesar de as redes sociais demonstrarem um papel importante na comunicação de ciência do INL, não são ainda o meio mais utilizado pelos profissionais da área científica.por
dc.description.abstractScience is constantly evolving, and often scientific findings and advances can be complex and generally difficult to understand by the public. So, the communication of science can help to translate these scientific advances in more accessible language, allowing people to make informed decisions on topics that directly affect their lives. In this way, it is essential that scientific professionals find means to communicate science with the general public, not specialized in science. Currently, social media is one of the main disclosure sources. This work approaches the importance that social media can have in the communication of science. So, after a period of six months of interning at International Iberian Nanotechnology Laboratory (INL) integrated in the Masters of Communication Science, this report looks to understand the role of social media at INL as a means to communicate science, like the role of image in this context specifically, based on critical perspectives of different authors in the area of Science Communication, approaches concepts such as the science communication, the public understanding of science, citizen science, or the use of social media in the communication of science. With the intention of obtaining internal perceptions of the organization about the subject being studied, a questionnaire was given to all at INL, and a total of 115 responses received. There were also five open interviews that took place with five communication professionals working in the Department of Communication and Marketing at INL The conclusions of this study reveal that, despite the role of social media playing an important part in the communication of science at INL, they are not yet the means most utilized by the professionals in the scientific area.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by/4.0/por
dc.subjectComunicação de ciênciapor
dc.subjectRedes sociaispor
dc.subjectINLpor
dc.subjectCommunication of sciencepor
dc.subjectSocial mediapor
dc.titleA utilização das redes sociais para comunicar ciência: o caso do INLpor
dc.title.alternativeThe use of social media to communicate science: the case of INLpor
dc.typemasterThesiseng
dc.identifier.tid203339304por
thesis.degree.grantorUniversidade do Minhopor
sdum.degree.grade16 valorespor
sdum.uoeiInstituto de Ciências Sociaispor
dc.subject.fosCiências Sociais::Ciências da Comunicaçãopor
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
CECS - Dissertações de mestrado / Master dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Francisca Morais Martins.pdfRelatório de Estágio1,35 MBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID