Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/85824

TitleEmpresas familiares da Região Norte: especificidades e representações face à profissionalização da gestão
Author(s)Marques, Ana Paula
Couto, Ana Isabel
KeywordsEmpresas familiares
profissionalização da Gestão
Issue date2019
PublisherInstituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto (ISCAP)
CitationMarques, A. P., & Couto, A. I. (2019). Empresas familiares da Região Norte: especificidades e representações face à profissionalização da gestão. Conferência - Investigação E Intervenção Em Recursos Humanos, (9). https://doi.org/10.26537/iirh.vi9.3016
Abstract(s)As empresas familiares (EF) representam um importante contexto de trabalho do tecido empresarial privado do país. Com efeito, o peso estimado deste segmento de empresas na economia nacional (entre 70% a 80% das PME, incluindo também grandes empresas cotadas na bolsa) coloca-as num lugar preponderante enquanto agentes de criação de riqueza, de emprego e de coesão territorial e social. Não obstante, persiste um significativo desconhecimento das configurações empresariais das empresas familiares. Ainda assim, sabe-se que a sua heterogeneidade - em termos de dimensão, de setor de atividade, do grau de profissionalização dos modelos de governo e de recursos humanos - contribui para a sua complexidade enquanto contexto de trabalho e são múltiplos os desafios que se colocam a quem nelas trabalham, mas também aos seus dirigentes. Os dados apresentados enquadram-se no projeto “Roadmap para as empresas familiares portuguesas” (2016-2018), financiado pelo NORTE 2020/ FEDER e decorrem de um inquérito por questionário aplicado a diversos segmentos de empresas familiares da região Norte de Portugal (n= 1148), bem como das entrevistas de cariz compreensivo realizadas a um conjunto diversificado de empresário/as dirigentes de empresas de cariz familiar (n=23). Pretende-se apresentar um retrato atualizado das empresas familiares da Região Norte considerando um conjunto de variáveis chave: distribuição geográfica, dimensão, antiguidade, setor de atividade económica, volume de negócios, entre outros. Destaca-se ainda principais desafios de gestão de uma empresa familiar, nomeadamente representações face à profissionalização da gestão.
TypeConference paper
URIhttps://hdl.handle.net/1822/85824
Publisher versionhttps://parc.ipp.pt/index.php/iirh/article/view/3016
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CICS-UMINHO - Atas/Proceedings


Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID