Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/85194

TitleLíngua portuguesa e internacionalização num caminho de compromisso: políticas e práticas de três revistas científicas de acesso aberto na área das ciências da comunicação
Other titlesPortuguese language and internationalisation in a path of compromise: policies and practices of three open access journals in Communication Sciences
Author(s)Martins, Moisés de Lemos
Mourão, Marisa
KeywordsRevistas científicas
Acesso aberto
Línguas de ciência
Internacionalização
Scientific journals
Open access
Languages of science
Internationalisation
Issue date2023
PublisherAssociação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas, Profissionais da Informação e Documentação
JournalCadernos BAD
CitationMartins, M. L., & Mourão, M. (no prelo). Língua portuguesa e internacionalização num caminho de compromisso: Políticas e práticas de três revistas científicas de acesso aberto na área das ciências da comunicação. Cadernos BAD.
Abstract(s)Face à hegemonia do modelo de publicação dos países anglo-saxónicos, inclusivamente nas Ciências Sociais e Humanas, entendemos como necessário o debate das políticas científicas, de língua e de comunicação, no sentido de promover uma comunidade científica atenta à diferença linguística, e à diversidade cultural e científica que as distintas línguas tornam possível. Neste debate, não podemos ignorar as responsabilidades dos editores de revistas científicas. Por isso, importa refletir sobre as responsabilidades e possibilidades de atuação. Coloca-se a tónica nas línguas de ciência, não ignorando as vantagens da existência de uma língua franca, sobretudo pelo esbatimento de barreiras de acesso e pela visibilidade, mas tendo presentes, antes de mais, as dificuldades colocadas aos falantes não nativos, assim como a subordinação linguística, cultural, política e científica, que decorrem da existência de uma língua hegemónica na ciência. Nestas circunstâncias, propomos a opção por um caminho de compromisso, com publicações bilingues. Não se trata de um modelo de acesso universal, mas o caminho para que apontamos promove uma maior diversidade e é mais inclusivo. Fundamos a nossa proposta na experiência de três revistas científicas do campo da Comunicação: Comunicação e Sociedade, Revista Lusófona de Estudos Culturais e Vista.
Considering the hegemony of the publication model of the Anglo-Saxon countries, including in the Social Sciences and Humanities, we believe that the debate on scientific, language and communication policies is essential to promote a scientific community aware of the linguistic difference the cultural and scientific diversity that different languages provide. In this debate, we must not neglect the scientific journal editors' responsibilities. Thus, it is essential to reflect on their responsibilities and possible courses of action. The focus lies on the languages of science, without disregarding the advantages of a lingua franca, especially for reducing gaps in access and for their visibility, but bearing in mind, above all, the constraints for non-native speakers and the linguistic, cultural, political and scientific subordination derived from a hegemonic language in science. Against this background, we propose to compromise with bilingual publications. It is not a universal access model, but the path we aim at promotes greater diversity and is more inclusive. We base our proposal on the experience of three scientific journals on Communication: Comunicação e Sociedade, Revista Lusófona de Estudos Culturais/Lusophone Journal of Cultural Studies and Vista.
TypeArticle
DescriptionTexto submetido pelos autores à revista Cadernos BAD, a 5 de outubro de 2021. Aceite no quadro da parceria da revista com a 12ª Conferência Luso-Brasileira de Ciência Aberta.
URIhttps://hdl.handle.net/1822/85194
e-ISSN1645-2895
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CECS - Artigos em revistas nacionais / Articles in national journals

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Lingua-portuguesa-internacionalizacao_Cadernos-BAD.pdf232,67 kBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID