Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/8268

TitleAs recentes metamorfoses da saúde na Região Norte
Author(s)Silva, Susana
KeywordsSaúde
Região Norte
Issue dateSep-2008
PublisherUniversidade do Porto. Faculdade de Letras. Instituto de Sociologia
CitationSILVA, Susana (2008), "As recentes metamorfoses da saúde na Região Norte", em Carlos Manuel Gonçalves (org.), A Região Norte de Portugal: mudanças e continuidades na contemporaneidade, Porto, Instituto de Sociologia da Faculdade de Letras da Universidade do Porto (ISBN 978-972-8932-32-9).
Abstract(s)A análise da evolução dos principais indicadores de saúde na Região Norte nas duas últimas décadas no âmbito da oferta de estabelecimentos, equipamentos e recursos humanos em saúde, assim como da acção e utilização dos serviços públicos de saúde e dos “resultados” na mortalidade infantil e materna permite identificar, em síntese, quatro tendências fundamentais 1. Uma melhoria generalizada dos níveis de saúde, ilustrada pelos seguintes fenómenos: aparente universalização e esforço de melhoramento das condições e qualidade dos cuidados de saúde; aumento dos recursos humanos de saúde, mais intenso nos enfermeiros do que nos médicos; acréscimo no número de consultas nos centros de saúde e suas extensões, de internamentos hospitalares e, sobretudo, de operações e anestesias realizadas nos hospitais do serviço público de saúde; controlo das doenças infecciosas; aumento da esperança de vida; quebra acentuada da mortalidade infantil, perinatal, neonatal e materna; alterações na estrutura das doenças e diminuição da “dor”; e aumento dos valores despendidos com a saúde. 2. A emergência de novas formas de regulação e gestão dos sistemas de saúde, que promovem a privatização, mercadorização e neoliberalização dos cuidados de saúde e a individualização da questão da saúde através dos “estilos de vida”, configurando a passagem de um modelo público integrado para um modelo público de contrato. Esta tendência é visível em vários domínios, nomeadamente: especialização dos recursos humanos; empresarialização hospitalar; aproximação do número de hospitais oficiais e particulares por habitante na Região Norte; e esforço de descentralização do financiamento dos serviços de saúde. 3. A aproximação entre a Região Norte e Portugal, apesar desta região apresentar valores mais penalizadores para todos os indicadores de saúde analisados. 4. As continuadas assimetrias intra-regionais, agravadas pela desarticulação entre os cuidados de saúde primários e mais especializados, por um lado, e entre os serviços de saúde que fazem parte da rede local e regional, por outro. A distribuição regional desigual, irregular e heterogénea dos indicadores de saúde revelam disparidades nas taxas de mortalidade infantil e uma concentração territorial dos estabelecimentos, equipamentos, profissionais e serviços de saúde mais especializados e diferenciados, destacando-se a posição dominante do Grande Porto e, em menor extensão, do Cávado. Alto Trás-os-Montes, Ave e Tâmega são as NUTS III tendencialmente mais penalizadas no que respeita o acesso e utilização dos serviços de saúde. A promoção da coesão regional exige formas de intervenção solidária localizadas, de acordo com os perfis de necessidade, oferta e utilização de serviços de saúde e não com base nos custos ou na suposta relação custo-efectividade. Mais, a eficiência, qualidade e equidade na prestação de cuidados de saúde reclama uma base social e técnica de apoio ampla e sólida, que só é possível através de um debate crítico plural e participativo que envolva todos os actores sociais nelas implicados. As recentes metamorfoses científico-tecnológicas, demográficas e sócio-económicas observadas na Região Norte poderão repercutir-se em alterações nas necessidades em saúde e o sistema de saúde regional deve preparar-se para responder de forma adequada e eficaz aos eventuais desafios que se avizinham.
TypeBook part
DescriptionO presente texto resulta dos trabalhos de investigação desenvolvidos no âmbito do Projecto "A Região Norte de Portugal: dinâmicas de mudança social e recentes processos de desenvolvimento" (POCI/SOC/57600/2004) seleccionado para financiamento, em concurso público, pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia.
URIhttp://hdl.handle.net/1822/8268
ISBN978-972-8932-32-9
AccessOpen access
Appears in Collections:DS/CICS - Relatórios/Reports

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Saúde na Região Norte.pdfDocumento principal479,49 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID