Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/80759

Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorDominguez, Carlos Alberto Maiapor
dc.contributor.advisorMendonça, Paulopor
dc.contributor.authorFerreira, Henrique Silvapor
dc.date.accessioned2022-11-21T21:56:36Z-
dc.date.available2022-11-21T21:56:36Z-
dc.date.issued2022-07-18-
dc.date.submitted2022-
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1822/80759-
dc.descriptionDissertação de Mestrado (Ciclo de Estudos Integrados Conducentes ao Grau de Mestre em Arquitetura - Área de Cultura Arquitetónica)por
dc.description.abstractDepois da Segunda Guerra Mundial, em Portugal vivia-se uma crise habitacional nos grandes centros urbanos. O êxodo rural e a imigração proveniente de países afetados pela guerra, criam a necessidade e a oportunidade para o desenvolvimento de novas soluções arquitetónicas a nível habitacional. À semelhança do que se desenvolvia no resto da Europa, os arquitectos Arménio Losa e Cassiano Barbosa introduzem, nas suas obras, soluções arquitectónicas pioneiras no contexto português, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos habitantes. Um exemplo icónico é o Bloco da Carvalhosa, um dos primeiros edifícios de habitação coletiva da cidade do Porto, que possui um carácter experimental e intemporal que o mantém atual até aos dias de hoje. Desta forma, a Direção Geral do Património Cultural classificou em 2017 o Bloco da Carvalhosa como Monumento de Interesse Público. Das diversas soluções implementadas pelos arquitetos, a que melhor destaca o aspeto inovador do projeto do Bloco da Carvalhosa são os terraços voltados a Sul, concebido com o intuito de proporcionar um espaço exterior privado, pensado especialmente para as crianças, e ao mesmo tempo, fornecer ventilação e iluminação para os espaços interiores do apartamento. No entanto, durante a construção, os arquitetos foram obrigados a encerrar os terraços com envidraçado, impedindo o devido funcionamento do espaço e criando uma divisão adicional à habitação sem uma função específica, levando a que os habitantes a adaptassem de acordo com as suas necessidades. A escolha dos terraços como caso de estudo da dissertação prende-se com o facto de ser uma das soluções mais inovadoras do Bloco da Carvalhosa e que foi alterada de tal forma que não cumpre todos os objetivos para a qual foi projetada. Com a oportunidade de estudar in situ o espaço da intervenção, decidiu-se levar a cabo uma análise ao conforto térmico do terraço através de medições in situ, para posteriormente ser possível efetuar simulações e verificar a melhor abordagem para a intervenção no espaço. Como objetivo e resultado final, pretende-se desenvolver uma solução que se relacione com o contexto arquitetónico, tendo como referência a arquitetura desenvolvida por Arménio Losa e Cassiano Barbosa, de maneira a não impor a sua presença, mas sim a integrar-se e a funcionar como uma ligação entre o passado e o presente.por
dc.description.abstractAfter the Second World War, there was a housing crisis in the largest urban centers of Portugal. The rural exodus and the increased immigration from the countries affected by war, created the necessity and opportunity to develop new architectural solutions for housing construction. Similarly to what was being developed in the rest of Europe, the architects Arménio Losa and Cassiano Barbosa started to implement architectural solutions that pioneered in the Portuguese context, with the objective of improving the quality of life of its inhabitants. An iconic example is the Bloco da Carvalhosa, one of the first collective housing buildings in Porto, since it possesses an experimental and timeless character that keeps it up to date. For this reason, in 2017 the Cultural Heritage Department of Portugal* classified it as a Monument of Public Interest. Of the many solutions implemented by the architects, one that highlights the innovative aspect of the Bloco da Carvalhosa project are the South terraces, created in order to provide not only a private outside space, thought specially for the kids, but also to ventilate and illuminate the most inner spaces of each apartment. However, during construction the architects were forced to enclose the terraces with windows, restraining it from its functions and, consequently, generating a space without a specific function, which lead the inhabitants to adapt it according to their needs. The terraces were chosen as a case study since they are one of the most innovative solutions of Bloco da Carvalhosa, that unfortunately were transformed in a way that didn’t fulfilled the purposes for which they were designed. Due to the opportunity of studying the intervention space in situ, it was decided to run an analysis on the thermal comfort of the terrace through temperature and humidity measurements, in order to be possible to simulate the space and to identify the best approach for the intervention. The aim is to develop a solution that integrates itself to the architectonic context by using the work of Arménio Losa and Cassiano Barbosa as a reference. Therefore, the solution should work as a link between the past and the present without imposing its presence.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/por
dc.subjectMovimento Modernopor
dc.subjectBloco Carvalhosapor
dc.subjectConforto Térmicopor
dc.subjectReinterpretaçãopor
dc.subjectModern Movementpor
dc.subjectThermal Comfortpor
dc.subjectReinterpretationpor
dc.titleO Bloco da Carvalhosa, Reinterpretação dos Terraços Sulpor
dc.typemasterThesiseng
dc.identifier.tid203046480por
thesis.degree.grantorUniversidade do Minhopor
sdum.degree.grade17 valorespor
sdum.uoeiEscola de Arquiteturapor
dc.subject.fosHumanidades::Artespor
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
EAAD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Henrique Silva Ferreira.pdfDissertação de Mestrado107,36 MBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID