Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/77795

TitleDiferenças regionais na criação de empresas intensivas em tecnologia
Author(s)Nogueira, Ana Catarina Alves
Advisor(s)Correia, Isabel M.
KeywordsCriação de empresas
Dependência espacial
Indústrias intensivas em tecnologia
Municípios
Portugal Continental
Spatial lag model
Firm creation
Mainland Portugal
Municipalities
Spatial dependence
Spatial lag model
Technology-intensive firms
Issue date2021
Abstract(s)A criação de empresas é considerada pela literatura como essencial para a criação de emprego e de riqueza e, por essa via, como um fator de desenvolvimento económico regional. Esta dissertação explora as desigualdades geográficas na criação de empresas em setores intensivos em tecnologia nos 278 municípios de Portugal Continental no período de 2009 a 2018. De modo a identificar os principais determinantes da criação de empresas intensivas em tecnologia consideram-se três grupos de fatores (1) condições de mercado, analisadas pelas variáveis crescimento populacional e desemprego, (2) existência de economias de aglomeração, investigadas através da variável presença de pequenas e médias empresas e, por fim, (3) ambiente criativo e empreendedor, medido pelas variáveis criatividade e multiculturalidade. Para esta análise foram utilizados métodos da econometria espacial e considerou-se a matriz das distâncias euclidianas, como matriz de ponderadores espaciais. Os resultados da análise exploratória evidenciaram a existência de autocorrelação espacial positiva e estatisticamente significativa entre os municípios portugueses, pelo que a estimação através do modelo OLS deixa de ser adequada. Deste modo, o modelo econométrico foi estimado usando o modelo spatial lag. Os resultados mostram que, apesar de os coeficientes estimados das variáveis por OLS serem estatisticamente significativos e apresentarem o sinal esperado, quando se corrige para o problema da dependência espacial, todas as variáveis, com exceção do peso das PMEs perdem a significância estatística. Ou seja, municípios com maiores taxas de criação de empresas intensivas em tecnologia são caracterizados por possuir uma presença maior de PMEs. Observa-se ainda que a escolha da localização das empresas de setores intensivos em tecnologia parece ser fortemente determinada pelos valores que as variáveis explicativas tomam nos municípios mais próximos.
Firm creation is considered by the literature as essential for job and wealth creation and, therefore, as a factor for regional economic development. This dissertation explores firms creation geography in technology-intensive sectors in the 278 municipalities of mainland Portugal in the period from 2009 to 2018. To identify the main determinants of the creation of technology-intensive firms were considered three groups of factors (1) market conditions, analyses by the population growth and unemployment variables, (2) the existence of agglomeration economies, investigated through the variable presence of small and medium-sized firms and, finally (3) creative and entrepreneurial environment, measured by the creativity and cultural diversity variables. For this analysis, it was used the spatial econometrics methods and considered the matrix of Euclidean distances as matrix of spatial weights. The results of the exploratory analysis showed the existence of positive and statistically significant spatial autocorrelation between Portuguese municipalities, so that the estimation through the OLS model is no longer adequate. Therefore, the econometric model was estimated using the spatial lag model. The results demonstrate that, although the estimated coefficients of the variables by OLS are statistically significant and show the expected sign, when correcting for the spatial dependence problem, all variables, except the weight of the presence of small and medium-sized firms lose statistical significance. In other words, municipalities with higher rates of creation of technologyintensive firms are characterized by having a higher presence of small and medium-sized firms. Also, it is observed that the choice of location of sectors with technology-intensive firms seems to be strongly determined by the values that explanatory variables take in the closest municipalities.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Economia Industrial e da Empresa
URIhttps://hdl.handle.net/1822/77795
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_+Catarina.pdf1,67 MBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID