Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/76063

TitleModelo de acesso às ideias prévias das crianças acerca dos microrganismos
Author(s)Mafra, Paulo
Carvalho, Graça Simões de
Lima, Nelson
KeywordsModelos Concetuais
Educação em Ciências
Ensino Básico
Issue date2021
PublisherUniversitat Politècnica de València
CitationMafra, P., Carvalho, G.S. &Lima, N. (2021). Modelo de acesso às ideias prévias das crianças acerca dos microrganismos. In: F.J. Garrigós-Simón, S.E. Miguel, J.O.M. Andrés & Y. Narangajavana (Eds.) INNODOCT/21 - International Conference on Innovation, Documentation and Education. Livro de Atas. Valencia: Universitat Politècnica de València. p. 789-794.
Abstract(s)A deteção das conceções alternativas que as crianças trazem para a sala de aula é de crucial importância quando pretendemos intervir no sentido da mudança concetual. Existem várias estratégias para detetar essas ideias prévias, desviadas da realidade e do conhecimento científico, e que podem constituir obstáculos à aprendizagem. O desenho é uma estratégia que se revela muito eficaz pois permite às crianças exteriorizarem os seus modelos mentais de uma forma mais fácil que a expressão escrita. Vários autores têm identificado ideias cientificamente incorretas sobre os microrganismos, não só em crianças nos primeiros anos de escolaridade mas também em ciclos de ensino mais avançados. Assim, os microrganismos são muitas vezes imaginados como animais minúsculos e, em muitos casos, com características antropomorfizadas, com cabeça, expressões faciais e membros. De um modo geral, as crianças consideram os microrganismos como seres vivos minúsculos e tendem a relacioná-los com espécies animais que lhes são familiares e com conotação negativa. Se estas ideias prévias não forem combatidas nos primeiros anos de escolaridade, poderão tornar-se resistentes à mudança e dificultarem mais tarde as aprendizagens de temáticas relacionadas com os benefícios dos microrganismos e a compreensão do seu importante papel nos ecossistemas e na biotecnologia. Neste estudo apresentase uma proposta de modelo de deteção de conceções alternativas acerca dos microrganismos através da utilização do desenho. Analisaram-se desenhos de 187 crianças que finalizaram o 1.º Ciclo do Ensino Básico e, através de uma categorização a posteriori, surgiu um modelo centrado nas categorias “forma” (real, antropomórfica, animal, outras) e "conotação” (positiva, negativa, sem conotação). Assim, obtivemos um modelo de análise que pode servir de ferramenta de elevada importância, contribuindo para o conhecimento do professor acerca das ideias prévias dos alunos aquando da lecionação de conteúdos relacionados e que lhe permita avançar, de forma eficaz, com estratégias promotoras da mudança concetual.
TypeConference paper
URIhttps://hdl.handle.net/1822/76063
ISBN978-84-9048-365-7
DOI10.4995/INN2021.2021.14026
Publisher versionhttp://ocs.editorial.upv.es/index.php/INNODOCT/INN2021/paper/viewFile/14026/6534
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEC - Textos em atas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
INNODOCT-2021_ModeloMicrob.pdf2,76 MBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID