Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/7210

TitleAspectos da aplicação do Delft Hydraulics 'SOBEK' no desenvolvimento de um sistema de gestão operacional da água em Alqueva
Author(s)Pinho, José L. S.
Vieira, J. M. Pereira
KeywordsHidroinformática
Qualidade da água
Modelos matemáticos
Estruturas hidráulicas
Issue date2006
CitationCONGRESSO DA ÁGUA, 8, Figueira da Foz, Portugal, 2006 – “8º Congresso da água : actas”. [Lisboa : Associação Portuguesa de Recursos Hídricos, 2006].
Abstract(s)No âmbito do desenvolvimento de um Sistema de Suporte à Decisão (SSD) para a gestão da água no Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva (EFMA) foi seleccionado, após uma avaliação de diferentes alternativas de software de modelação hidrodinâmica e de qualidade da água, o programa SOBEK (WL, 2005) para a modelação de problemas de qualidade da água unidimensionais. No presente trabalho apresentam-se as características mais importantes deste programa e descrevem-se os principais aspectos relacionados com a sua integração no ambiente hidroinformático em desenvolvimento para a gestão operacional das infra-estruturas, construídas e em fase de projecto, da rede primária do Subsistema de Alqueva a montante da barragem de Alvito. A construção do modelo hidrodinâmico foi precedida de um estudo pormenorizado das infraestruturas que constituem o sistema em análise, com recurso a informação constante dos seus projectos de execução. A caracterização geométrica das infra-estruturas foi desenvolvida com o detalhe correspondente ao de projecto de execução (ou levantamento no caso de infra-estruturas existentes), distinguindo-se duas situações físicas distintas: albufeiras e sistemas adutores. No casodas albufeiras consideraram-se os seguintes elementos de projecto: fundo ou topografia do terreno; planta correspondente aos níveis relevantes; cortes; características das barragens; descarga de fundo e de caudal ecológico; descarregadores intermédios; descarregadores de cheia. No caso dos canais, túneis e condutas em pressão consideraram-se os seguintes elementos de projecto: planta com traçado do eixo; perfil longitudinal; secções transversais e acessórios.
TypeConference paper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/7210
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CEC-HID - Comunicações a Conferências Nacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
F15-ASPECTOS DA APLICAÇÃO DO DELFT.pdfartigo874,01 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID