Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/70201

TitleIntervenção local com crianças e famílias face à pandemia COVID-19: ProChild CoLAB em Guimarães
Author(s)Sarmento, Manuel Jacinto
Trevisan, Gabriela
Grangeia, Helena
Sousa, Marlene Patrícia Monteiro
Oliveira, Inês Guedes de
Pinto, Adelina Paula
Sampaio, Adriana
Figueiredo, Bárbara
Bento, Gabriela
Carvalho, Mariana Rodrigues
Freire, Teresa
Matos, Marlene
Soares, Isabel
KeywordsCOVID-19
Pandemia
Issue date30-Nov-2020
PublisherUMinho Editora
CitationSarmento, M. J., Trevisan, G., Granjeia, H., Sousa, M., Oliveira, I. G., Pinto, A. P., Sampaio, A., Figueiredo, B., Bento, G., Carvalho, M., Freire, T., Matos, M., Soares, I. (2020). Intervenção local com crianças e famílias face à pandemia COVID-19: ProChild CoLAB em Guimarães. In Martins, M., Rodrigues, E., A Universidade do Minho em tempos de pandemia: Tomo II: (Re)Ações. UMinho Editora. DOI: https://doi.org/10.21814/uminho.ed.24.4
Abstract(s)[Excerto] A pandemia COVID-19 desenvolveu-se em Portugal, a partir de março de 2019, de forma acelerada, obrigando a adaptações muito rápidas das entidades públicas, dos serviços, das empresas e dos/as cidadãos/ãs, com vista a conter os seus efeitos sanitários, sociais e económicos. A incerteza que carateriza a sociedade contemporânea, em muitos dos seus domínios e setores, apresentou-se, desta vez, sob a forma microscópica de um vírus, capaz de, por si só, obrigar à alteração, com caráter de urgência, de hábitos consolidados, formas de sociabilidade ancestrais, planos e projetos de existência maduramente estabelecidos. Todos os setores da sociedade foram atingidos pela pandemia. No entanto, foram-no de forma distinta, em função das condições de desigualdade e de diversidade da estrutura social. Também essas diferenças se manifestaram no que respeita às gerações e etapas da vida. O vírus ataca de forma e com efeitos diferenciados as pessoas idosas, as pessoas adultas e as crianças. No caso da geração mais jovem, o impacto da pandemia manifestou-se a vários níveis: os quotidianos escolares foram substituídos por aprendizagens realizadas no espaço doméstico, com apoio televisivo e das ferramentas informáticas; o convívio familiar rotineiro ampliou-se em cada 24 horas, pela presença dos/as pais/mães no horário de trabalho, em situação de teletrabalho, de lay-off ou desemprego; a relação intergeracional com avôs/avós e parentes mais velhos/as viu-se subitamente interrompida, sob a ameaça da contaminação; a confraternização e a brincadeira entre pares deu lugar ao isolamento e à solidão, ou a interações visuais pelo telemóvel ou nas redes sociais; o espaço público foi condicionado em período de confinamento e não só os parques infantis foram encerrados, como a invisibilidade social das crianças ganhou uma expressão direta no esvaziamento das cidades, de repente despojadas dos seus munícipes mais jovens; algumas crianças, em situação de maior vulnerabilidade, sofreram diretamente os efeitos psicológicos, sociais e económicos da pandemia: tornaram-se mais expostas aos impactos na saúde mental das respetivas famílias, perderam, nalguns casos, o contacto com os/as professores/as e as escolas, nomeadamente pelo facto de não possuírem meios eletrónicos de contacto e sofreram carências alimentares por empobrecimento dos/as pais/mães. [...]
TypeBook part
URIhttps://hdl.handle.net/1822/70201
e-ISBN978-989-8974-28-0
DOI10.21814/uminho.ed.24.4
Publisher versionhttps://doi.org/10.21814/uminho.ed.24.4
AccessOpen access
Appears in Collections:CIPsi - Livros e Capítulos de Livros
UMinho Editora - A Universidade do Minho em tempos de pandemia: Tomo II: (Re)Ações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
4. Intervenção local com crianças e famílias.pdf435,83 kBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID