Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/6694

TitleOs professores e a educação/promoção para a saúde
Author(s)Rodrigues, Vitor
Carvalho, Amâncio
Gonçalves, Artur
Carvalho, Graça Simões de
KeywordsEducação para a saúde
Concepção dos professores
Issue date16-May-2007
PublisherUniversidade do Minho. Instituto de Estudos da Criança (IEC)
CitationPEREIRA, B. ; CARVALHO, G. S. ; PEREIRA, V., ed. lit. – “Novas realidades, novas práticas : actas do Seminário International de Educação Física, Lazer e Saúde, 3, Braga, Portugal, 2007” [CD-ROM]. Braga : Instituto de Estudos da Criança da Universidade do Minho, 2007.
Abstract(s)Sabendo que os jovens ocupam, durante a adolescência, a maior parte do dia na Escola, e que muitos comportamentos relevantes para a saúde são iniciados nesta época da vida (Rodrigues, 2002; Rodrigues, 2004), é necessário saber como é que se posicionam os professores, quando falamos de Educação para a Saúde (ES) em contexto escolar. Trata-se de um estudo descritivo e transversal, cujos objectivos são: conhecer as concepções dos professores acerca do que é a educação para a saúde, caracterizar as suas actividades de educação para a saúde e identificar quem deveria desenvolver as actividades de educação para a saúde. Os dados foram recolhidos através de um questionário on line, desenhado para o efeito, tendo sido garantido o anonimato e a confidencialidade dos dados. Os principais resultados são os seguintes: • Todos (100%) os professores do 1º ciclo e de ciências naturais (2º ciclo) dizem realizarem ES, a grande maioria dos professores que dão apoio educativo (75,0%) e dos que leccionam educação física (71,4%) afirmam também que realizam ES, enquanto que os professores que leccionam na área das ciências exactas e tecnologias de informação não fazem de todo (0%) ES;. • 30% dos professores refere que ES é a construção de hábitos saudáveis e 27% diz que a educação para a saúde é desenvolver competências em todas as áreas da saúde; • 48% dos professores declaram terem realizado educação/promoção para a saúde; • 34% dos professores dizem que quem deve ensinar educação/promoção para a saúde são os pais, professores e profissionais da saúde em conjunto • 21% refere que devem ser os professores de Biologia a realizar educação/promoção para a saúde. Este estudo é um ponto de partida necessário para o conhecimento acerca das concepções dos professores sobre a ES, a partir do qual poderemos vir a preparar e/ou adequar cursos de formação avançada na área da educação/promoção da saúde.
TypeConference paper
URIhttps://hdl.handle.net/1822/6694
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEC - Textos em atas
DCILM - Livros de Actas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Profs EPS.pdfArtigo161,83 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID