Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/64830

TitleO (des)interesse dos jovens pela atualidade: estudo sobre o papel dos media na informação sobre o mundo
Other titlesThe dis(interest) of young people in current events: study on the role of the media in the information about the world
Author(s)Melro, Ana Isabel Gomes Gonçalves
Advisor(s)Pereira, Sara
KeywordsJovens
informação da atualidade
media
participação cívica e política
literacia para as notícias
Young people
current events
media
civic and political participation
news literacy
Issue date7-Mar-2019
Abstract(s)Tendo como objetivo conhecer a importância dos media na vida dos jovens e o modo como se informam sobre o mundo em que vivem, o presente estudo desenvolve-se em torno da relação entre as culturas juvenis, a informação, o jornalismo e a cidadania. Num primeiro momento, a pesquisa centra-se na análise dos usos e práticas mediáticas dos jovens, procurando-se compreender o interesse pelos assuntos da atualidade, bem como as perspetivas dos jovens sobre as notícias e o papel dos media na participação cívica e política. Num segundo momento, é contemplado o olhar dos profissionais dos media sobre as audiências jovens, dando-se a conhecer como concebem o papel de promotores da participação cívica e política dos jovens. A investigação compreende uma metodologia mista, que parte de uma abordagem quantitativa, através da aplicação de questionários a 562 alunos do 1º ano do 1º ciclo de estudos, de diferentes áreas de estudo, da Universidade do Minho e da Universidade da Beira Interior, seguindo-se o aprofundamento dos resultados numa abordagem qualitativa, através da realização de grupos de foco com 45 estudantes de ambas as universidades. Paralelamente, foram realizadas sete entrevistas a diretores de informação de meios de comunicação e de plataformas digitais. Os resultados mostram que a maioria dos jovens costuma acompanhar a atualidade diariamente através da Internet e das redes sociais. Além deste interesse, os estudantes revelam uma visão crítica em relação às notícias, apontando a desinformação e o sensacionalismo como fatores que afetam a confiança nos media. Como tal, os jovens reclamam uma informação de qualidade, evidenciando uma visão tradicional da notícia e da atuação do jornalismo na sociedade. A visão crítica é também revelada face aos assuntos políticos, vistos como aborrecidos e complexos, o que é também resultado dos contextos educativos e familiares. A participação política é confinada ao voto eleitoral, que é assumido mais como um dever do que uma decisão informada. Os estudantes reforçam a necessidade de um maior conhecimento político e de capacidade de análise da atualidade, especialmente na era da pós-verdade e notícias falsas. Na aproximação dos jovens à vida cívica e política, estudantes e diretores de informação sugerem um aumento da oferta informativa, uma reinvenção dos espaços mediáticos para jovens, a inclusão e visibilidade dos jovens nos media, e um investimento na literacia para as notícias.
Aiming to know the relevance of the media and current events in the lives of young people and the how they are informed about the world around them, the present study is developed around the relationship between youth cultures, information, journalism and citizenship. First, the research focuses on the analysis of youth media practices, seeking to understand the scope and importance of current events in everyday life, as well as to know the interests and perspectives of young people about the news and the role of the media in their civic and political lives. Secondly, the study contemplates the gaze of media professionals on youth, revealing how they understand their role as promoters of youth civic and political participation. The methodology design consists in a mixed method model, starting from a quantitative approach, through the administration of questionnaires to 562 first-year college students, from a variety of fields of study, of the Universidade do Minho and the Universidade da Beira Interior. The results were then deepened in a qualitative approach, through focus groups with 45 students from both universities. Additionally, there were conducted seven interviews with news directors of Portuguese media industries and digital platforms. The results show that the majority of young people usually follow current events on the Internet and social media. Besides their interest, students maintain a critical perspective about the news, referring to misinformation and sensationalism as factors that affect their trust on the media. Therefore, young people demand quality information, revealing a traditional view of the news and of the role of journalism in society. The critical perspective is also displayed in relation to political issues, often seen as boring and complex, which is then a result of educational and family backgrounds. Political participation is confined to the electoral vote, which is assumed more as a duty than an informed decision. Thus, students express the need for greater political knowledge and competences of critical thinking about the news, especially in a post-truth and fake news era. Regarding the role of the media in fostering youth civic and political engagement, students and news directors suggest an increase of tailor-made news, a reinvention of media spaces for youth, a greater inclusion and visibility of young people in the public sphere, and an investment in news literacy.
TypeDoctoral thesis
DescriptionTese de Doutoramento em Ciências da Comunicação
URIhttps://hdl.handle.net/1822/64830
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Teses de Doutoramento
CECS - Teses de doutoramento / PhD theses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Isabel Gomes Goncalves Melro.pdf9,23 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID