Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/61959

TitleValidação do Protocolo de Avaliação de Competências Cognitivo-linguísticas: versão coletiva
Author(s)Martins, Inês
Carvalho, Graça Simões de
Nunes, Cristiane L.
Capellini, Simone
KeywordsAvaliação coletiva
Competências cognitivo-linguísticas
Issue date2019
PublisherUniversidade da Coruña
CitationMartins, I., Carvalho, G.S., Nunes, C.L. & Capellini, S. (2019). Protocolo de Avaliação de Competências Cognitivo-linguísticas: versão coletiva. In: Libro de Resúmenes: Comunicacione y Pósters. XV Congreso Internacional Galego-Portugués de Psicopedagoxía. Universidade da Coruña, Galiza, Espanha. p. 200
Abstract(s)O Protocolo de Avaliação de Habilidades Cognitivo-Linguísticas foi adaptado, do português do Brasil, para o português europeu. Este instrumento de rastreio permite a identificação de crianças com desfasamento em relação à norma, nas diferentes competências cognitivo-linguísticas. Possui uma versão colectiva e uma individual. A versão colectiva, que se apresenta neste estudo, inclui 5 subtestes: (i) escrita do alfabeto em sequência; (ii) cópia de formas; (iii) cálculo matemático; (iv) escrita sob ditado de palavras; e (v) repetição de números em ordem aleatória. A avaliação destas competências foi realizada num agrupamento de escolas do Norte de Portugal incluindo 30 alunos de cada ano escolar, desde o 1º ao 5º ano. Foram incluídos na amostra alunos sem alterações intelectuais, de aprendizagem e de acuidade auditiva. Os dados recolhidos foram analisados estatisticamente através do programa estatístico SPSS. Para além da média, valores mínimos e máximos, foram identificados os valores esperados e os valores de “risco”, através dos percentis 25 e 75, tendo em conta a idade das crianças. A avaliação destas competências é fulcral nos primeiros anos de aprendizagem, uma vez que permite que seja feita uma caracterização individualizada de cada aluno, identificando-se as áreas com desempenho com valores esperados ou inferiores. As crianças identificadas com valores abaixo do esperado, isto é, crianças em “risco” de desenvolvimento de dificuldades na aprendizagem, serão, avaliadas com o protocolo individual, mais extenso e abrangente, constituído por 13 subtestes que incluem tarefas de leitura de palavras e não palavras; aliteração; rima; repetição de palavras e não palavras; ritmo; segmentação silábica; nomeação rápida de figuras e dígitos; memória visual para formas; discriminação de sons e repetição de números em ordem inversa. Após o término da avaliação será, então, possível definir o perfil cognitivo-linguístico individual. Com o perfil do aluno concluído, e em casos que assim se justifiquem, será possível proceder-se a um encaminhamento mais direcionado, para os profissionais de saúde, para que as dificuldades encontradas sejam investigadas e, se necessário, para que seja delineada uma intervenção o mais precocemente possível, com vista à superação dessas dificuldades.
TypeAbstract
URIhttps://hdl.handle.net/1822/61959
Publisher versionhttps://congreso-xvgp.asocip.com/index.php/pt/programacao/livro-abstrato
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEC - Comunicações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CongG-Pt_ValidacaoProtocolo.pdf400,71 kBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID