Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/60378

TitleIgualdade de género e a gestão de recursos humanos (questões de discriminação no recrutamento e seleção): estudo exploratório
Author(s)Rocha, Ângela Filipa Oliveira
Advisor(s)Ribeiro, José João Correia Leite
KeywordsGénero
Igualdade
Desigualdade
Discriminação
Recrutamento e seleção
Gestão de recursos humanos
Gender
Equality
Inequality
Discrimination
Recruitment and selection
Human resources management
Issue date2019
Abstract(s)Ao longo dos anos, a temática da igualdade de género tem adquirido uma relevância ímpar junto de diversos atores, tanto nacionais, como internacionais. De forma a obter um alcance mais igualitário de oportunidades, entre indivíduos do género feminino e masculino, nos contextos organizacionais, é importante uma contínua e efetiva implementação de práticas e políticas, para que se corrijam desigualdades profundas e enraizadas na conjuntura atual. Destas desigualdades, resultam barreiras invisíveis e perceções enviesadas ao nível do processo de recrutamento e seleção, dificultando muitas vezes, sobretudo às mulheres, a ascensão a determinados cargos ou a funções hierárquicas superiores. A presente dissertação procura refletir sobre qual o posicionamento dos agentes organizacionais, relativamente à temática da igualdade, determinar que comportamentos não promovem igualdade de género ao nível do processo de recrutamento e seleção e, de que forma, a gestão de recursos humanos pode ser perspetivada como um ator chave na implementação de procedimentos e mecanismos mais imparciais e transparentes. Deste modo, e através de uma investigação qualitativa, a informação recolhida reflete a predominância de discursos paradoxais sobre a temática da igualdade de género. A nível geral verifica-se que ainda existe uma promoção de comportamentos desiguais, relativamente à questão do género. Simultaneamente, com os dados obtidos verifica-se que a gestão e os gestores de recursos humanos, juntamente com toda a estrutura organizacional, são fulcrais para combater tendências subtilmente discriminatórias. Contudo, com os resultados obtidos é possível concluir que, mesmo com a criação de políticas e práticas que promovam uma igualdade de género, e apesar da importância atribuída à gestão de recursos humanos, o exercício da desigualdade pode continuar a ser encoberto, perpetuando assim um processo de recrutamento e seleção enviesado.
Throughout the years the gender equality issue has been gaining an increasing spotlight by many actors, both nationally and internationally. In order to achieve more equality, opportunities wise between women and men, in organizational contexts, it is mandatory a continuous and effective implementation of practices and policies, in order to correct profound and rooted inequalities in the current conjuncture. From these inequalities invisible barriers and biased perceptions arise in the process of recruitment and selection making it harder, especially for women, to ascend to certain hierarchically superior positions and functions. This dissertation sets out to reflect upon the position of the organizational agents regarding the equality issue, plus the determination of behaviors that do not promote gender equality in the process of recruitment and selection and in which way human resources management can be perceived as a key actor on the implementation of procedures and mechanisms more impartial and clear. Thus, and through a qualitative research, the collected information reflects the predominance of paradoxical speeches upon the gender equality thematic. Currently, there is still a promotion of unequal behaviors regarding the gender issue. Simultaneously there is a rooted mindset that the human resources management and its managers, along with all the organizational structure are vital to oppose subtle discriminatory tendencies. Nevertheless, considering the obtained results it is possible to conclude that even with the creation of policies and practices that promote gender equality and despite the importance given to the human resources management, the inequality exercise can still be hidden perpetuating a biased process of recruitment and selection.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Gestão de Recursos Humanos
URIhttp://hdl.handle.net/1822/60378
AccessEmbargoed access (3 Years)
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
A_ngela+Filipa+Oliveira+Rocha.pdf
  Until 2023-01-01
3,41 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID