Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/59633

TitleAplicar a teoria dos jogos ao estudo da comunicação: desafios e oportunidades
Author(s)Gonçalves, João
KeywordsTeoria dos jogos
Teorias da comunicação
Comportamento estratégico
Game theory
Communication theories
Strategic behaviour
Issue date2016
PublisherAssociação Portuguesa de Ciências da Comunicação (SOPCOM)
JournalComunicando
CitationGonçalves, J. (2016). Aplicar a teoria dos jogos ao estudo da comunicação: desafios e oportunidades. Comunicando, 5(1), 104-124.
Abstract(s)A teoria dos jogos representa uma das tendências de investigação que mais força ganhou no século XX, com exemplos de aplicações bem-sucedidas em várias áreas disciplinares. Contudo, o estudo da comunicação tem permanecido alheio a esta ferramenta teórica. Considerando esta situação, este artigo procura explorar o potencial e os desafios da aplicação da teoria dos jogos ao estudo da comunicação. É realizado um breve enquadramento histórico do desenvolvimento da teoria dos jogos, explorando particularmente as adaptações que esta sofreu para a aplicação em áreas tão distintas como a biologia, filosofia e ciência política. De seguida, são analisados os principais motivos para a resistência a esta teoria entre os académicos da comunicação, estabelecendo-se frequentemente o paralelismo com a disciplina irmã da sociologia. Por fim, são apresentadas possibilidades de adaptação e aplicação da teoria dos jogos concretizadas em exemplos que se inserem tradicionalmente no domínio de investigação da comunicação. Este artigo representa um contributo original para a aplicação da teoria dos jogos nas ciências sociais, retomando um debate que não era abordado do ponto de vista da comunicação desde o início da década de 70.
Game theory is one of the main one of the fastest growing research trends of the 20th century, with successful applications in several fields. However, communication studies have been mostly distant from this theoretical tool. This article seeks to explore the challenges and opportunities of applying game theory to communication studies. First, the author presents a brief historical context for game theory, paying particular attention to the changes it has undergone to be applied in diverse fields such as biology, philosophy or political science. The second part explores the main reasons why communication scholars resist game theory, frequently comparing communication studies with its sister discipline: sociology. Finally, the article explores some possibilities to adapt and apply game theory in communication studies by presenting both real and hypothetical examples for research. This article is an original contribution to the original debate on this issue, which has not been academically discussed for communication since the early 70s.
TypeArticle
URIhttp://hdl.handle.net/1822/59633
ISSN2182-4037
Publisher versionhttp://www.revistacomunicando.sopcom.pt/edicao/107
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CECS - Artigos em revistas nacionais / Articles in national journals

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_Goncalves_Teoria-jogos-comunicacao.pdf702,14 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID