Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/59593

TitleO potencial formativo de um contexto complexo de trabalho: um estudo a partir do ponto de vista do estagiário
Other titlesThe training potential of a complex context of work: a study from the point of view of a trainee
Author(s)Cunha, Angelina Raquel Fernandes
Advisor(s)Silva, Manuel António
KeywordsEducação informal
Formação experiencial
Burocracia
Nova gestão pública
Qualidade total
Informal education
Training
Bureaucracy
New public management
Total quality
Issue date2019
Abstract(s)Ao falarmos de educação e de formação estamos a falar de socialização e de processos de interação diferenciados. Sabemos que o ser humano é um ser complexo e singular, construindo-se com base nas experiências vivenciadas em múltiplos contextos no decurso da sua vida, estando em constante aprendizagem, seja na família ou no grupo de pares, através de experiências informais e, muitas vezes, nem sequer se apercebe deste tipo de experiência educacional, pois, na maioria dos casos, não é uma aprendizagem intencional e consciente. Estas aprendizagens resultam das atividades quotidianas e não são aprendizagens estruturadas. De salientar que inicialmente a aprendizagem/formação experiencial não constituía uma preocupação nem um objetivo, mas acabamos por a privilegiar, porque o funcionamento do contexto de trabalho assim o ditou, dado que era hiperestruturado e orientado para tarefas rotineiras e estandardizadas. Esta situação conduziu-nos à seleção de dois quadros teóricos antagónicos: um, centrado na Teoria da Burocracia e na Ideologia da Qualidade Total (fundamentos da Teoria da Nova Gestão Pública) e outro centrado na Educação Informal ou Experiencial. Face à problemática em presença, optei por uma metodologia qualitativa, tendo administrado oito entrevistas a diferentes profissionais que exercem ou já exerceram a sua atividade profissional no contexto em estudo e construído um diário de bordo orientado por uma listagem das atividades realizadas no estágio.
When we talk about of education and training, we are talking about socialization and differentiated processes of interaction. We know that the human being is a complex and unique being, building on the experiences lived in multiple contexts in the course of his life, being in constant learning, either in the family or in the peer group, through informal experiences and, many Sometimes you do not even realize this kind of educational experience, because in most cases it is not intentional and conscious learning. These learning results from daily activities and are not structured learning. It should be emphasized that experiential learning / training was not a concern or an objective at first, but we ended up favoring it because the work environment dictated it, since it was hyper structured and oriented towards routine and standardized tasks. This situation led to the selection of two antagonistic theoretical frameworks: one, centered on the Theory of Bureaucracy and the Total Quality Ideology (foundations of the New Public Management Theory) and another centered on Informal or Experiential Education. In view of the problem in hand, I opted for a qualitative methodology, having administered eight interviews to different professionals who have or have already exercised their professional activity in the context under study and constructed a logbook guided by a listing of the activities performed in the stage.
TypeMaster thesis
DescriptionRelatório de estágio de mestrado em Educação (área de especialização em Formação, Trabalho e Recursos Humanos)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/59593
AccessRestricted access (UMinho)
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Angelina Raquel Fernandes Cunha.pdf
  Restricted access
3,9 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy!

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID