Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/59507

TitleCaracterização da consciência fonológica em crianças com implante coclear do 1º Ciclo do Ensino Básico: um estudo exploratório nacional
Author(s)Cunha, Ana Margarida Lopes
Advisor(s)Cruz-Santos, Anabela
KeywordsAvaliação
Intervenção
Consciência fonológica
Implante coclear
Estudo quantitativo exploratório
Assessment
Intervention
Phonological awareness
Cochlear implant
Exploratory quantitative study
Issue date2018
Abstract(s)A perda auditiva traduz-se, muitas vezes, em atrasos do desenvolvimento de linguagem que concomitantemente dificultam o processo de aprendizagem formal da leitura e escrita. Desta forma, este estudo tem como finalidade caracterizar o processo avaliativo e interventivo da consciência fonológica em crianças com implante coclear do 1º Ciclo do Ensino Básico. Participaram neste estudo vinte e cinco inquiridos, doze docentes de educação especial e treze terapeutas da fala (TF), que exercem funções em Portugal Continental e Regiões Autónomas. Os participantes avaliam/já avaliaram e/ou intervêm/já realizaram intervenção em consciência fonológica com crianças com implante coclear. Para a realização deste estudo construiu-se um questionário, com base na revisão da literatura nacional e internacional. Este questionário foi disseminado através das redes sociais, via correio eletrónico, via contacto telefónico e via correio. Através da análise dos resultados obtidos neste estudo exploratório podemos verificar: a) não existem diferenças estatisticamente significativas na utilização dos diversos testes de avaliação da linguagem pelas diferentes categorias profissionais, porém na generalidade os testes mais utilizados encontram-se em concordância com a revisão da literatura sendo a Avaliação da Linguagem Oral (Sim-Sim, 2001) e a Grelha de Observação de Linguagem – Nível Escolar (Sua-Kay & Santos, 2003); b) 96% dos inquiridos considera pertinente avaliar consciência fonológica; c) 76% dos inquiridos responderam avaliar consciência fonológica, 20% respondeu não avaliar e 4% não manifestou opinião. Estes resultados demonstram a necessidade de fomentar o trabalho colaborativo entre membros da equipa multidisciplinar visto que todos os TF responderam avaliar ao contrário dos docentes que manifestaram delegar as tarefas de avaliação nos TF; d) 100% dos terapeutas responderam implementar atividades de consciência fonológica frequentemente mas apenas 50% dos docentes de educação especial referiu implementar tarefas com essa frequência, e e) 72% dos técnicos responderam sentir-se satisfeitos com o programa de intervenção que utilizam mas na sua maioria revelaram utilizar programas de caráter informal, adaptado ou não utilizar programa de intervenção. Em Portugal ainda não é consensual a utilização de programas de intervenção em consciência fonológica aferidos e validados para crianças com implante coclear do 1º Ciclo do Ensino Básico, tornando-se necessário continuar a realizar investigação e formação nesta área de forma a conseguir-se implementar práticas eficazes junto destes alunos.
Hearing loss often translates into certain delays in terms of language development that concomitantly hamper the formal learning process of reading and writing. Thus, this study aims to characterize the assessment and intervention process of phonological awareness in school-age children with cochlear implants. In this study twenty-five respondents participated, twelve are special education teachers and thirteen are speech –language therapists (SLT), who work in Mainland Portugal and the Autonomous Regions. Participants assess / have already assessed and / or intervened / already performed in phonological awareness intervention with children with cochlear implants. For this study a questionnaire was developed, based on the review of the national and international literature. This questionnaire was disseminated through social networks, via electronic mail, via telephone and mail. Results obtained in this exploratory study show that: a) there are no statistically significant differences in the use of different language assessment tests by different professionals, but in general the most used tests are in agreement with the literature review being the Oral Language Assessment (Sim-Sim, 2001 ) and the Language Observation Grid - School Level (Sua-Kay & Santos, 2003); b) 96% of respondents consider it pertinent to assess phonological awareness; c) 76% of the respondents answered that they assess phonological awareness, 20% responded not to assess and 4% did not express opinion. These results demonstrate the need to foster collaborative work among members of the multidisciplinary team since all the SLTs responded to assess unlike the teachers who expressed to delegate the tasks of assessment in the SLT; d) 100% of the SLT responded to implement phonological awareness activities frequently but only 50% of special education teachers reported implementing tasks frequently, and e) 72% of the SLT responded to feel satisfied with the intervention programs they use but mostly revealed using informal programs, adapted or not using intervention programs at all. In Portugal, it is not yet consensual the use of validated phonological awareness intervention programs for school-age children with cochlear implants making it necessary to continue to carry out research and training in this area in order to implement effective practices among these students.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Educação Especial (área de especialização em Necessidades Educativas Especiais do Domínio Cognitivo e Motor)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/59507
AccessRestricted access (UMinho)
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Margarida Lopes Cunha.pdf
  Restricted access
3,27 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy!

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID