Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/56730

TitlePor que é que pais e mães fumadores fumam dentro de casa? Uma análise contextual sobre a exposição de crianças em um concelho no norte de Portugal
Author(s)Precioso, José
Araújo, Ana Carolina Loureiro Lopes
Correia, Cláudia Rafaela Gomes
Samorinha, Ana Catarina Carvalho
Machado, José Cunha
Issue date2017
CitationPrecioso J, Araújo AC, Correia C, Samorinha C, Machado JC. (2017) Por que é que pais e mães fumadores fumam dentro de casa? Uma análise contextual sobre a exposição de crianças em um concelho no norte de Portugal. In: Neto W, Monteiro E, Pereira B, orgs. Promoção da Saúde, das Crianças e Adolescentes. Uma abordagem integral. Recife: Editora FASA, 2017:59-72.
Abstract(s)A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que cerca de 40% das crianças existentes no Mundo (700 milhões) respirem ar contaminado pelo fumo do tabaco (WHO, 2009), especialmente nas suas casas (Winickoff et al., 2009). Tal como noutros países, em Portugal o consumo de tabaco no domicílio e no carro é um comportamento muito prevalente (Campos et al., 2008; Precioso et al., 2010; Precioso et al. 2013). Num estudo realizado em Braga em 2010 por Precioso e colaboradores, com alunos do 1º ciclo, (média de idade: 9,2 anos; D.P: 0,5 anos), constatou-se que 27,5% das crianças participantes estavam expostas diária ou ocasionalmente ao FAT, pelo facto de pelo menos um dos membros do núcleo familiar (pai ou mãe ou irmão ou outro convivente) fumar em casa. No mesmo estudo realizado em Braga, os alunos percecionavam que 69,8% das mães fumadoras e 56,8% dos pais fumadores fumavam dentro de casa. Os pais, que deviam zelar pela saúde e segurança das crianças, são na verdade os principais responsáveis pela exposição dos filhos ao Fumo Ambiental de Tabaco (FAT) (Precioso, Macedo & Rebelo, 2007; Precioso et al., 2010; 2013). Para que medidas de prevenção da exposição de crianças ao FAT sejam estabelecidas e implementadas eficazmente no nosso país, é fundamental conhecer, para além da prevalência de crianças portuguesas expostas ao FAT (no domicílio e no meio de transporte privado), os hábitos tabágicos dos principais responsáveis por esta exposição, as regras de fumar nos ambientes fechados privados e as causas do consumo de tabaco no domicílio e no carro. Este estudo pretendeu contribuir com conhecimento nestas dimensões, podendo ser inspirador para intervenções preventivas.
TypebookPart
URIhttp://hdl.handle.net/1822/56730
e-ISBN978-85-708-4339-5
AccessopenAccess
Appears in Collections:CIEC - Livros e Capítulos de Livros

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Capitulo_livro_Porque é que pais e mães fumdores fumam dentro de casa.pdf1,72 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis