Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/56403

TitlePara uma avaliação abrangente de leitura no 1.º ciclo do Ensino Básico: relações entre descodificação e compreensão
Other titlesFor a comprehensive reading assessment in elementary-school students: relationships between decoding and comprehension
Author(s)Santos, Sandra Cristina da Silva
Advisor(s)Ribeiro, Iolanda
Viana, Fernanda Leopoldina
KeywordsCompreensão da leitura
Compreensão da linguagem oral
Avaliação
Longitudinal
Relações recíprocas
Reading comprehension
Listening comprehension
Assessment
Reciprocal relationships
Issue date11-Jul-2018
Abstract(s)Avaliar leitura e compreender como mudam, ao longo do tempo, as relações entre a compreensão da leitura, a compreensão da linguagem oral e a descodificação, é um tema que, apesar da vasta investigação que tem sido produzida nas últimas décadas, se mantém atual no panorama nacional. A importância da leitura para o desenvolvimento integral dos indivíduos nos mais variados contextos e ao longo da vida, chama a atenção para duas questões: (i) a necessidade de se avaliar a leitura, e as competências a ela associadas, desde o início da escolaridade, de forma a monitorizar a evolução dos alunos e intervir atempadamente para colmatar as dificuldades encontradas ou promover as competências de leitura; (ii) a pertinência de se explorar de que modo o desempenho na compreensão da leitura está associado ao desempenho em outras competências fundamentais, como a compreensão da linguagem oral, a leitura de palavras e a fluência de leitura de textos. Estas questões orientaram esta investigação que procurou atingir os seguintes objetivos: (a) a construção de dois testes de avaliação da compreensão de textos na modalidade de leitura, um com recurso a textos narrativos (TCTML-n) e outro com recurso a textos informativos (TCTMLi), cada um com três versões equalizadas, para alunos do 2.º ao 4.º ano de escolaridade; (b) a validação de cada uma das versões equalizadas do TCTML-n e do TCTML-i; (c) a construção de dois testes de avaliação da compreensão de textos na modalidade oral, um com recurso a textos narrativos (TCTMO-n) e outro com recurso a textos informativos (TCTMO-i), cada um com quatro versões equalizadas, destinadas a alunos do 1.º ao 4.º ano de escolaridade; (d) a validação de cada uma das versões equalizadas do TCTMO-n e do TCTMO-i; e (e) a análise da inter-relação entre a compreensão de textos na modalidade de leitura e na modalidade oral, a leitura de palavras e a fluência de leitura de textos junto de alunos do 2.º ao 4.º ano de escolaridade. Cada um dos objetivos deu lugar à organização de um capítulo. No primeiro capítulo descreve-se o processo de construção dos dois testes de compreensão de textos na modalidade de leitura. Foi adotado um design de grupos não equivalentes com itens de ancoragem e os dados foram analisados com recurso ao modelo Rasch, o que permitiu o desenvolvimento de três versões equalizadas de cada teste com adequados coeficientes de fidelidade, independência local dos itens e unidimensionalidade. No segundo capítulo apresentam-se os dados de dois estudos de validade das versões equalizadas do TCTML-n e do TCTML-i. Através da análise fatorial confirmatória, comprovou-se a unidimensionalidade dos testes. No estudo da validade referenciada a critério foram encontradas correlações estatisticamente significativas entre as versões do TCTML-n e do TCTML-i e as medidas externas de compreensão da leitura, fluência de leitura, vocabulário e memória de trabalho. No terceiro capítulo descreve-se o desenvolvimento dos testes de compreensão de textos na modalidade oral. A análise de dados, realizada no quadro do modelo Rasch, possibilitou o desenvolvimento de quatro versões equalizadas de cada teste, com adequados coeficientes de fidelidade, independência local dos itens e unidimensionalidade. No capítulo quatro apresentam-se os dados do estudo de validade das versões equalizadas do TCTMO-n e do TCTMO-i. Testou-se a validade de constructo com recurso à análise fatorial confirmatória, a qual comprovou a unidimensionalidade dos testes. No estudo da validade referenciada a critério, foram encontradas correlações estatisticamente significativas das versões do TCTMO-n e do TCTMO-i com critérios externos de avaliação da leitura (compreensão de textos lidos e ouvidos, fluência de leitura, vocabulário e memória de trabalho). No último capítulo analisa-se a relação desenvolvimental entre a compreensão de textos na modalidade de leitura, a compreensão de textos na modalidade oral, a fluência de leitura de textos e a descodificação do 2.º ao 4.º ano do Ensino Básico. Foi adotado um longitudinal crosslagged design. Os resultados obtidos permitiram verificar que: (i) a fluência de leitura tem um papel mais preponderante do que a leitura de palavras na explicação do desempenho em compreensão da leitura; (ii) a leitura de palavras e a fluência de leitura de textos assumem uma relação bidirecional mas apenas nos anos iniciais de escolaridade, à semelhança do que se verifica na relação entre a fluência de leitura de textos e a compreensão da leitura; (iii) existe uma relação recíproca entre a compreensão de textos na modalidade de leitura e a compreensão de textos na modalidade oral em todos os anos de escolaridade. Por fim, na conclusão, são apresentadas algumas considerações relativamente à construção dos testes e à relação entre as variáveis implicadas no desempenho em leitura que foram objeto de análise. São, ainda, discutidos os resultados atingidos e é feita uma reflexão acerca das limitações encontradas, das linhas de investigação futura e do impacto dos estudos realizados nesta tese.
Assessing reading performance and understanding how relations between reading comprehension, listening comprehension and decoding evolve, is a subject which, despite the wealth of research in reading that has been produced in the last decades, has remained highly relevant. The influence of reading on the performance of the individual in his various settings and throughout his life, draws attention to two questions: (i) the need to assess reading, and the skills associated to it, from the beginning of schooling, in order to monitor the evolution of students and intervene in a timely fashion to tackle the difficulties met or to promote better reading skills; (ii) the relevance of exploring in which way the performance in reading comprehension is associated to the performance in other fundamental skills, such as listening comprehension, word reading and oral reading fluency. These questions guided this research that sought to achieve the following goals: (a) the construction of two reading comprehension tests, one with narrative texts (TRC-n) and another with expository texts (TRC-e), each with three versions for elementary school students from second to fourth grade; (b) the validation of each form of the TRC; (c) the construction of two listening comprehension tests, one with narrative texts (TLC-n) and another with expository texts (TLC-e), each with four versions for elementary school students from first to fourth grade; (d) the validation of each form of the TLC; and (e) the analysis of the relationships between reading and listening comprehension, word reading, and oral reading fluency from second to fourth grade of elementary school. Each of these goals gave way to the structuring of a chapter. The first chapter details the construction of the two reading comprehension tests (TRC-n and TRC-e). The tests were constructed according to a nonequivalent groups with anchor test design and data were analysed using the Rasch model. Each test form presented adequate psychometric qualities, including unidimensionality, local independence and reliability. In the second chapter, two studies were conducted to collect validity evidence for the vertically scaled forms of the TRC-n and TRC-e. In Study 1, confirmatory factor analyses provided evidence of an acceptable fit for the one-factor solution for all test forms. In Study 2, aimed to collect criterion-related validity, the scores obtained in each of the test forms were significantly correlated with the ones obtained in other reading comprehension measures and with the results obtained in oral reading fluency, vocabulary and working memory tests. The third chapter focuses on the investigation aimed to develop and collect psychometric data for two tests assessing listening comprehension, the TLC-n and the TLC-e. The data were analysed using the Rasch model, enabling the development of four vertically scaled forms for each test. The results provided support for the assumptions of unidimensionality and local independence of the items. The reliability coefficients were adequate for all test forms. Chapter 4 aimed to gather validity evidence for the TLC-n and TLC-e. Construct validity of the TLC-n and TLC-e was tested through confirmatory factor analyses that provided evidence of an acceptable fit for the one-factor solution, for all forms. In the criterion-related validity study of the tests, statistically significant correlations between the test forms and the external criteria measures – reading comprehension, listening comprehension, oral reading fluency, vocabulary, and working memory – were obtained. Chapter 5 examines the developmental relationships among reading comprehension, listening comprehension, word reading and oral reading fluency, using a longitudinal cross-lagged design. The analysis of the results suggests that: (i) oral reading fluency has a stronger role than word reading in explaining reading comprehension performance; (ii) word reading and oral reading fluency have a bidirectional relationship but only in the initial years of schooling, similarly to what is observed in the relationship between oral reading fluency and reading comprehension; (iii) there is a reciprocal relationship between reading and listening comprehension in every grade. Finally, some considerations regarding tests’ construction and the relationship between the variables involved in reading comprehension performance are discussed. Additionally, main conclusions from this investigation are drawn and a reflection is made about its limitations, future research paths and social impact of the studies conducted in this investigation.
TypedoctoralThesis
DescriptionTese de Doutoramento em Psicologia Aplicada
URIhttp://hdl.handle.net/1822/56403
AccessrestrictedAccess
Appears in Collections:CIPsi - Teses de Doutoramento
BUM - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Sandra Cristina da Silva Santos.pdf3,53 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy!

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis