Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/55887

TítuloRecuperar memórias, um passo de slow fashion: personalização de vestuário: um possivel círculo: como projeto de Intervenção
Autor(es)Martins, Maria Beatriz Pereira
Orientador(es)Pires, Helena
Mota-Ribeiro, Silvana
Palavras-chaveSlow fashion
Memória
Personalização
Sustentabilidade
Desperdício
Artesanato
Memory
Personalization
Sustainability
Waste
Handicraft
Data2017
Resumo(s)No presente registo, almeja-se transcrever experiências de vida de intervenções profissionais, realizadas na área da Moda1.Na qualidade de criadora de vestuário personalizado, como na qualidade de figurinista, distinguir o conceito do vestuário Fast Fashion, à Slow Fashion - com ênfase no conceito Slow Fashion ou Moda Lenta. Num diálogo interartístico, entre a moda personalizada e espetáculos culturais na cidade de Guimarães. As contínuas intervenções propõem-se - apresentar no contexto da Moda, alternativas de combate à moda Fast Fashion - que se creem exequíveis na versatilidade das tendências, e na pluridimensionalidade sociocultural na Moda. Abrem-se por isso, novos caminhos e novos desafios artístico-culturais face à economia - da produção ao consumo – novos olhares atentos à sustentabilidade ambiental. No contacto com os jovens, pela via da personalização, espera-se recuperar hábitos de outrora - Pelo emprego de desperdício na personalização - conferir versatilidade às peças, de modo artístico e pessoal. Valorizar a reutilização do vestuário, pelo emprego do duradouro, e com ele, criar laços - que a memória retém. Utilizar todo o tipo de desperdício como processo de minimizar os custos de mão-de-obra – face a uma política de sustentabilidade ambiental. Como sonho de trajetória, almeja-se a criação de uma Marca, em parceria com a têxtil desta cidade - assente no desperdício – vincular ao Presente a atividade profissional de sempre.
In this register, it is intended to transcribe life experiences of professional interventions carried out in the Fashion area. As a designer of personalized clothing, as well as as a costume designer, distinguish the concept of Fast Fashion clothing from Slow Fasnhion - with emphasis in the Slow Fashion or Slow Fashion concept. In an inter-artistic dialogue between personalized fashion and cultural shows in the city of Guimarães. The continuous interventions are proposed - to present in the context of Fashion alternatives to fight the fashion Fast Fashion - that are believed to be feasible in the face of the versatility of trends, and to the socio-cultural pluridimensionality in Fashion. This opens up new paths and new artistic-cultural challenges to the consumer economy. In the contact with the young through the personalization, it is hoped to recover habits of old - By the use of waste in the personalization to confer versatility to the pieces, to recover them in an artistic and personal way. To value the reuse of clothing by the use of the durable and with it to create ties - that the memory retains. Use all kinds of waste as a process of minimizing labor costs, and as an environmental sustainability policy. As a dream of trajectory, we want the creation of a Brand, in partnership with the Textile of this city - based on the waste, in some way - linking to the Present the professional activity of always.
TipomasterThesis
DescriçãoRelatório de mestrado em Comunicação, Arte e Cultura
URIhttp://hdl.handle.net/1822/55887
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:BUM - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
9_DissertacaoCorrigida_PG29599_MariaBeatrizMartins.pdf10,41 MBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis