CECS - Comunicação e Sociedade - Vol. 33 (2018): Epistemologia e Metodologias em Comunicação : [1] Estatísticas

Logo

Comunicação e Sociedade - Vol. 33 (2018): Epistemologia e Metodologias em Comunicação

Diretor / Journal Editor: Moisés de Lemos Martins

Editores / Editors: Sandra Marinho e Miguel Vicente Mariño

CECS - Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade Lasics, Universidade do Minho, 2018, 447 págs. ISSN 1645-2089 | ESSN 2183-3575

Ver página da revista

[Nota introdutória] Este número da Comunicação e Sociedade é sustentado por este posicionamento intelectual e reúne um conjunto relevante de artigos que exploram diversos aspetos centrais indispensáveis para se conduzir estudos bem fundamentados. Aprofundarmos a nossa relação, como académicos da área dos Média e da Comunicação, com a forma como planeamos e aplicamos a investigação que desenvolvemos é essencial para fortalecer a posição institucional do nosso campo. As condições sociais de produção de conhecimento tornaram-se num objeto de pesquisa atrativo, reivindicando a necessidade de reflexão epistemológica sobre a investigação com um enfoque mais amplo nos fenómenos sociais: metas de curto prazo devem ser complementadas com uma análise mais aprofundada sobre o que, por que e como selecionamos e abordamos tópicos, questões e hipóteses de investigação. Pesquisar num domínio tecnologicamente avançado não pode implicar deixar para trás algumas das principais e mais amplas questões filosóficas sobre o nosso papel como cientistas sociais e intelectuais. Consequentemente, continua a ser necessário reclamar a necessidade de abordagens relevantes do ponto de vista da Epistemologia e das Metodologias, como uma forma de nos abstrairmos das rotinas das nossas práticas científicas e das exigências institucionais, que afetam as vidas diárias da maioria dos académicos no mundo.

[Introductory note] This issue of Comunicação e Sociedade is underpinned by this intellectual position and offers a relevant collection of articles that explore several core aspects required to conduct well-founded studies. Furthering our relationship as Media and Communication scholars with the way that we design and apply our research is essential to strengthen our field’s institutional position. The social conditions of knowledge production have turned into an appealing object of enquiry, claiming the need for epistemological reflection regarding research with a broader focus on social phenomena: short-term targets must be complemented by more in-depth analysis about what, why and how we select and approach research topics, questions and hypotheses. Conducting research in a technologically-advanced domain cannot mean leaving behind some of the main and broader philosophical questions about our role as social scientists and intellectuals. Consequently, it is still necessary to claim the need for relevant approaches to Epistemology and Methodologies, as a way to extract ourselves from regular routines in our scientific practices and institutional demands that affect the daily lives of most scholars worldwide.

Percorrer
Ativar alerta na coleção para receber notificações por e-mail de novas entradas RSS Feed RSS Feed RSS Feed
Registos da coleção (ordenados por datas de depósito em ordem descendente): 1-1 de um total de 1
DataTítuloAutor(es)TipoAcesso
Jun-2018Comunicação e sociedade: epistemologia e metodologias em comunicação [33, 2018]-otheropenAccess
Registos da coleção (ordenados por datas de depósito em ordem descendente): 1-1 de um total de 1