Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/54589

Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorMachado, Helenapor
dc.contributor.authorSantos, Filipepor
dc.date.accessioned2018-04-24T14:50:09Z-
dc.date.available2018-04-24T14:50:09Z-
dc.date.issued2008-
dc.identifier.isbn978-972-95945-4-0por
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1822/54589-
dc.description.abstractDois casos recentes de crianças desaparecidas em Portugal (“Joana” e “Maddie”) vieram acentuar as contingências dos usos da genética forense em investigação criminal. Apesar dos sucessos, são reconhecidos os problemas associados à técnica de identificação de indivíduos por perfis de ADN, seja pela contaminação e degradação de amostras, dificuldades na recolha e transporte, ou mesmo pela falta de amostras de referência. Os discursos mediáticos espelham representações populares da genética forense que beneficia da aura de racionalidade, objectividade, neutralidade associada à ciência em geral e ao ADN em particular, mas também do imaginário disseminado por séries populares como o CSI, onde a produção de prova surge referenciada a uma imagem de super-ciência. Os casos mais mediatizados resultam frequentemente em discussões em torno da adequada adjudicação de meios à investigação e prevenção do crime, bem dos sentimentos de (in) segurança das populações. Assim, será nosso propósito lançar um olhar sobre os discursos e as representações mediáticas acerca da genética forense, em contexto de investigação criminal associada a casos amplamente mediatizados. Trata-se de uma modalidade de exposição dos cidadãos a crenças sobre as potencialidades e características da genética forense, que surge conjugada com representações populares da investigação criminal e do sistema de justiça.por
dc.language.isoporpor
dc.publisherAssociação Portuguesa de Sociologia (APS)por
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectGenética forensepor
dc.subjectSuper-ciênciapor
dc.subject“Efeito CSI”por
dc.subjectMediapor
dc.titleDilemas da super-ciência: representações da genética forense na imprensa em Portugalpor
dc.typeconferencePaperpor
dc.peerreviewedyespor
dc.relation.publisherversionhttp://historico.aps.pt/vicongresso/pdfs/700.pdfpor
oaire.citationConferenceDate25-28 Jun. 2008por
sdum.event.titleVI Congresso Português de Sociologia – Mundos sociais: Saberes e práticaspor
sdum.event.typecongresspor
oaire.citationStartPage1por
oaire.citationEndPage14por
oaire.citationConferencePlaceUniversidade Nova de Lisboa. Faculdade de Ciências Sociais e Humanaspor
dc.subject.fosCiências Sociais::Sociologiapor
dc.description.publicationversioninfo:eu-repo/semantics/publishedVersionpor
sdum.conferencePublicationAtas do VI Congresso Português de Sociologia – Mundos sociais: Saberes e práticaspor
Appears in Collections:CECS - Atas em congressos | Seminários / conference proceedings

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_Machado_Santos_dilemasdasuperciencia.pdf330,16 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID