Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/53198

TitleA literacia cartográfica e a representação do espaço na Idade Moderna: um estudo com alunos do Ensino Secundário
Author(s)Marinho, Catarina
Solé, Glória
KeywordsLiteracia Cartográfica
Significância histórica
Competências interpretativas
Issue date2016
PublisherCentro de Investigação Transdisciplinar «Cultura, Espaço e Memória» (CITCEM)
CitationMarinho, C. & Solé, G. (2016). A literacia cartográfica e a representação do espaço na Idade Moderna: um estudo com alunos do Ensino Secundário. In Isabel Barca & Luís Alberto Alves. Educação Histórica: Perspetivas de investigação nacional e internacional (pp. 124-137). Porto: Universidade do Porto, CITCEM.
Abstract(s)A presente atividade integra um estudo elaborado em contexto de intervenção pedagógica supervisionada e tem como intuito a exploração das conceções de alunos do 10º ano de escolaridade (15-16 anos) sobre as formas de representação do espaço na Idade Moderna. Na sua prossecução, formularam-se as seguintes questões de investigação: “Que tipo de informação os alunos extraem dos mapas que lhe permitam desenvolver o seu conhecimento histórico?” e “Que inferências históricas produzem os alunos interpretando mapas?”. Pretendeu-se indagar o modo como alunos, na disciplina de História A, integram as fontes cartográficas na construção do conhecimento histórico, ao mesmo tempo que se promoveu o desenvolvimento de competências de literacia cartográfica e potenciou a apreciação da significância histórica atribuída. Através da ficha de trabalho implementada foi possível apurar que um número significativo de alunos demonstrou competências de literacia cartográfica, sendo as inferências produzidas reveladoras da produção de conhecimento histórico, das suas ideias substantivas e, por conseguinte, a evidência da atribuição de significância histórica às fontes cartográficas, a vários níveis de progressão. Como implicações no âmbito do ensino da História, sugere-se a adoção desta tipologia de fontes no processo de ensino-aprendizagem da disciplina, uma vez que promove ainda a construção de pensamento eminentemente histórico, como meio de aprendizagens significativas de conteúdos de História e de áreas como a Geografia, surgindo como instrumento didático e/ou tema transversal potenciador de um ensino interdisciplinar e abrangente, e de uma consciência histórica, geográfica e cívica emergente.
TypeConference paper
URIhttps://hdl.handle.net/1822/53198
ISBN978-989-8351-60-9
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEd - Textos em volumes de atas de encontros científicos nacionais e internacionais


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID