Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/5131

TitleCiência, públicos e ambiente: o discurso “científico” dos movimentos de protesto ambiental
Author(s)Rodrigues, Maria Eugénia
KeywordsCiência
Público
Protesto ambiental
Resíduos
Incineracão
Issue date2002
PublisherUniversidade do Minho. Centro de Ciências Históricas e Sociais (CCHS)
Citation"Cadernos do Noroeste. Série Sociologia". ISSN 0870-9874. 18:1-2 (2002) 271-290.
Abstract(s)Utilizando alguns dos instrumentos analítico-conceptuais pertencentes ao campo dos estudos sociais sobre a compreensão pública da ciência, nomeadamente aqueles que se identificam com uma perspectiva crítica ou “situada” acerca dos públicos da ciência, analisam-se os percursos, os discursos e as modalidades de acção de um movimento de protesto ambiental que teve o seu auge em Portugal nos últimos anos da década de 90 do século XX. Dá-se particular atenção à forma como esses actores sociais manuseiam selectivamente o conhecimento científico, integrando-o de uma forma descomprometida no repertório das suas competências. Afirma-se, neste sentido, ser este um processo que não só tende a equilibrar os recursos dos diferentes actores sociais envolvidos nos conflitos, como, pelo lado dos movimentos de protesto ambiental, alarga o âmbito tradicional dos seus recursos de acção, diversificando os níveis de mediação em que podem intervir, bem como as redes de interacção que ficam habilitados a construir.
TypeArticle
URIhttp://hdl.handle.net/1822/5131
ISSN0870-9874
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:DS/CICS - Artigos em Revistas Nacionais/Articles in National Journals

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Soc&Cult.pdfarticle111,05 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID