Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/48602

TitleDificuldades de aprendizagem específicas na escrita de textos argumentativos de opinião: O papel das estratégias de autorregulação no contexto das tecnologias de informação e comunicação
Author(s)Araújo, Catarina Liane Teixeira de Castro
Advisor(s)Martins, Ana Paula Loução
Osório, António José
KeywordsProblemas na escrita
Self-Regulated Strategy Development (SRSD)
Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC)
Autorregulação
Perceções
Práticas
Quase-experimental
Writing problems
Self-Regulated Strategy Development (SRSD)
Information and Communication Technologies (ICT)
Self-regulation
Perceptions
Practices
Quasi-experimental
Issue date20-Jul-2017
Abstract(s)Esta investigação teve como objetivo contribuir para o desenvolvimento de conhecimento sobre percepções e intervenções na escrita, com e sem recurso às TIC, no contexto de um modelo educacional preventivo. Realizou-se uma investigação quantitativa com professores do 1º Ciclo do Ensino Básico e alunos que frequentaram o 4º ano de escolaridade nas escolas públicas do distrito de Braga. Esta investigação foi organizada em três estudos relacionados com a: 1) Perceção dos alunos sobre o conhecimento, atitudes e autoeficácia na escrita com e sem recurso às TIC; 2) Perceção dos professores do 1.º Ciclo do Ensino Básico sobre as suas práticas, de escrita e uso das TIC, em sala de aula; e 3) Impacto da utilização do modelo SRSD, com e sem recurso às TIC, no desempenho da escrita de textos de opinião junto de alunos do 4.º ano de escolaridade com e sem Problemas na Escrita. As conclusões obtidas foram as seguintes para o estudo 1: a) Os alunos apresentam perceções positivas sobre o conhecimento, as atitudes e autoeficácia na escrita, com e sem recurso às TIC; b) As perceções dos alunos sobre as atitudes são mais positivas do que as suas perceções relativas ao conhecimento e autoeficácia na escrita; c) As escalas sobre o conhecimento, atitudes e autoeficácia na escrita, com e sem recurso às TIC, apresentaram uma estrutura consistente (com valores de Alpha Cronbach entre .776 e .928) e critérios de fiabilidade exigidos; d) As variáveis sexo, presença de problemas na escrita e presença de NEE tiveram influência nas perceções dos alunos relativamente à sua escrita; e) As variáveis sexo, presença de problemas de escrita tiveram influência nas perceções dos alunos relativamente à sua escrita, com recurso às TIC; f) Existem correlações entre as perceções sobre o conhecimento, atitudes e autoeficácia e o desempenho de escrita dos alunos. Em síntese, os resultados do estudo 2 permitem concluir que: a) As atividades de escrita mais frequentemente indicadas pelos professores são: a construção de histórias, a elaboração de respostas de compreensão leitora e a realização de fichas de trabalho; b) Na perspetiva da maioria dos professores entrevistados, alunos e professores gostam, têm competências e sentem-se motivados para utilizar as TIC no contexto de sala de aula; c) As práticas pedagógicas em sala de aula privilegiam a escrita sem recurso às TIC; d) Na perspetiva da maioria dos professores entrevistados, os alunos não gostam de escrever; e) Os professores referiram a necessidade de adquirirem formação ao nível da intervenção na escrita, com e sem TIC, junto de alunos com problemas na escrita. Os resultados do estudo 3 permitem concluir que: a) As intervenções SRSD+ICT e SRSD permitiram uma melhoria nos resultados relativos à estrutura, qualidade e número de conectores argumentativos utilizados no texto; b) As intervenções SRSD+ICT e SRSD não permitiram uma melhoria nos resultados relativos à extensão do texto (valores corrigido e estimado); c) O effect size da intervenção SRSD nas variáveis em estudo foi de d=2.10 para a estrutura, d=2.52 para a qualidade, d=0.19 para a extensão e d=1.26 para o número de conectores argumentativos; d) O effect size referente à intervenção SRSD+ICT nas variáveis em estudo foi de d=2.97 para a estrutura, d=3.55 para a qualidade, d=0.27 para a extensão e d=2.00 para o número de conectores argumentativos; e) A intervenção SRSD+ICT apresentou um maior effect size do que a intervenção SRSD quanto à qualidade e número de conectores utilizados no texto; f) A presença de problemas na escrita influencia o desempenho dos alunos quanto à qualidade e estrutura dos textos produzidos; g) Os resultados obtidos na variável estrutura do texto são explicados em 56.8% pelos resultados nas variáveis qualidade geral do texto, número de conectores utilizados e problemas na escrita; h) Os resultados obtidos na variável qualidade geral do texto são explicados em 61% pelos resultados nas variáveis estrutura do texto de opinião, problemas na escrita e perceção de autoeficácia quanto às convenções de escrita; i) A presença de apoio socioeconómico à família influencia o desempenho dos alunos quanto ao número de conectores argumentativos utilizados no texto; e j) Confirmou-se a validade social da intervenção SRSD+ICT e SRSD. Esta investigação pretende ter como impacto social o aumento do conhecimento dos professores e dos alunos participantes sobre estratégias de intervenção baseadas na investigação e na potencial alteração das práticas pedagógicas de escrita com e sem TIC, num contexto inclusivo que identifica e apoia precocemente, de forma eficaz, os alunos com problemas na escrita.
This research aimed to contribute to the development of knowledge about perceptions and interventions in writing, with and without using ICT, in the context of a preventive educational model. A quantitative investigation was carried out involving teachers from the 1st Cycle of Basic Education and from students who attend the 4th year of school in public primary schools in the district of Braga. This research was organized in three studies related to: 1) Students' perception of knowledge, attitudes and self-efficacy in writing with and without using ICT; 2) Perception of the teachers of the 1st Cycle of Basic Education on their practices, writing and ICT use, in the classroom; and 3) Impact of the use of the SRSD model, with and without using ICT, in the performance of the writing of opinion texts among students of the 4th year of school with and without Writing Problems. The conclusions obtained were the following for study 1: a) Students present positive perceptions about knowledge, attitudes and selfefficacy in writing, with and without using ICT; b) Students' perceptions of attitudes are more positive than their perceptions of knowledge and self-efficacy in writing; c) The scales on knowledge, attitudes and self-efficacy in writing, with and without using ICT, presented a consistent structure (with Alpha Cronback values between .776 and .928) and required reliability criteria; d) The variables gender, presence of writing problems and presence of SEN had influence on the students' perceptions of their writing; e) The variables gender and presence of writing problems had influence on students' perceptions of their writing, using ICT; f) There are correlations between the perceptions about knowledge, attitudes and self-efficacy and the students' writing performance. In summary, the results of study 2 allow us to conclude that: a) The writing activities most often indicated by teachers are: story building, reading comprehension responses and worksheets; b) From the perspective of the majority of teachers interviewed, students and teachers like, have skills and feel motivated to use ICT in the classroom context; c) The pedagogical practices in the classroom favour writing without using ICT; d) From the perspective of most teachers interviewed, students do not like to write; e) The teachers mentioned the need to acquire training in the level of intervention in writing, with and without ICT, among students with writing problems. The results of study 3 allow us to conclude that: a) SRSD + ICT and SRSD interventions allowed an improvement in the results regarding the structure, quality and number of argumentative connectors of the text; b) The SRSD + ICT and SRSD interventions did not allow an improvement in the results related to the extension of the text (corrected and estimated values); c) The effect size of the SRSD intervention on the variables under study was d = 2.10 for the structure, d = 2.52 for the quality, d = 0.19 for the extension and d = 1.26 for the number of argumentative connectors; d) The effect size for the SRSD + ICT intervention in the variables under study was d = 2.97 for the structure, d = 3.55 for the quality, d = 0.27 for the extension and d = 2.00 for the number of argumentative connectors; e) The SRSD + ICT intervention had a greater effect size than the SRSD intervention regarding the quality and number of connectors used in the text; f) The presence of writing problems influences the students' performance regarding the quality and structure of the texts produced; g) The results obtained in the text structure variable are explained in 56.8% by the results in the variables general quality of the text, number of connectors used and writing problems; h) The results obtained in the variable general quality of the text are explained in 61% by the results in the variables of the text of opinion, writing problems and perception of self-efficacy regarding writing conventions; i) The presence of socioeconomic support to the family influences the students' performance regarding the number of argumentative connectors; And j) The social validity of SRSD + ICT and SRSD intervention was confirmed. This study intends to have as social impact the increase of the knowledge of the teachers and the participating students on strategies of intervention based on the investigation and potential alteration in the pedagogical practices of writing with and without ICT, in an inclusive context that identifies and supports early students with problems in the Writing.
TypeDoctoral thesis
DescriptionTese de Doutoramento em Estudos da Criança (Especialidade em Educação Especial)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/48602
AccessEmbargoed access (3 Years)
Appears in Collections:BUM - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Catarina Liane Teixeira de Castro Araujo.pdf
  Until 2020-07-20
6,81 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID